Fusão entre JetBlue e Spirit vai criar “gigante” de baixo custo nos EUA

Acordo foi anunciado logo após união entre Frontier e Spirit ir por água abaixo
JetBlue “melou” negócio da Frontier e anunciou compra da Spirit Airlines

A JetBlue anunciou nesta quinta-feira (28) a compra da Spirit Airlines, em um acordo avaliado em US$ 3,8 bilhões. Caso seja aprovada pelas autoridades antitruste, a fusão das duas companhias vai dar forma a uma “gigante” low-cost que será a quinta maior companhia aérea dos Estados Unidos em participação do mercado.

O acordo foi anunciado logo após o cancelamento da união entre Spirit e Frontier, que havia chegado a uma proposta de US$ 2,7 bilhões pelo controle da Spirit em fevereiro deste ano. Em seguida, a JetBlue passou a fazer ofertas agressivas e conseguiu “melar” a fusão das rivais.

JetBlue e Spirit juntas passariam a representar cerca de 10% do mercado, colocando pressão sobre a United Airlines, que possui em torno de 13%, segundo dados do Statista. Delta e Southwest controlam 16% e 17%, respectivamente, enquanto a líder American Airlines tem 19%.

Spirit é uma cia de baixo custo dos Estados Unidos

A JetBlue deve pagar US$ 33,50 por ação da Spirit, o que representa um prêmio de quase 38% sobre o último valor de fechamento das ações da Spirit. Além disso, a companhia ofereceu pagamentos mensais aos acionistas da Spirit, a partir de janeiro de 2023, até o acordo ser completado.

JetBlue e Spirit esperam que o negócio seja aprovado pelos acionistas nos próximos meses e pela agência reguladora no começo de 2024. As duas devem passar a operar como uma única companhia a partir do segundo semestre de 2025.

A aquisição da Spirit pela JetBlue deverá dar origem a disputas judiciais já que há em jogo acordos complexos como o acordo Northeast Alliance (NEA) com a American Airlines e mesmo a concentração de mercado.

A norte-americana Jet Blue opera com jato Airbus e Embrear, como o da foto
A norte-americana JetBlue opera com jatos Airbus e Embraer, como o da foto

Total
3
Shares
Previous Post

Ethiopian Airlines torna-se nova cliente do A350-1000

Next Post

Gol vê receita crescer em meio a impasse com funcionários

Related Posts
Total
3
Share