Itapemirim larga atrás da VoePass em primeiro mês de operação

Nova companhia aérea acumulou 19 mil passageiros pagos em julho, com participação de 0,3% no mercado doméstico. Azul liderou nesse critério, mas superada pela Gol e LATAM em RPK e aproveitamento
A320 da ITA (Divulgação)

Os dados do transporte aéreo no Brasil em julho divulgados pela ANAC na terça-feira, 31, mostram uma recuperação consistente em relação aos meses anteriores de 2021, embora ainda distantes dos números de 2019.

Trata-se da primeira vez que a Itapemirim Transportes Aéreos (ITA), nova empresa do setor, aparece listada no relatório. A companhia realizou seu primeiro voo em 30 de junho, mas apenas com convidados.

Em julho, no entanto, a ITA passou a voar para seus primeiros destinos com uma frota inicial de dois A320 que teve o acréscimo de outras duas aeronaves dias mais tarde – um quinto jato entrou em serviço justamente nesta quarta-feira.

Ainda com uma malha bastante modesta, a companhia estreante foi a 5ª que mais transportou passageiros, com 19.044 bilhetes pagos. Com isso, a ITA ficou atrás da VoePass (Passaredo), que levou mais de 36 mil pessoas nesse período.

Dados de julho (ANAC)

A participação no total foi de apenas 0,32%, ou um centésimo do que transportou a Gol ou a Azul. Os números da ANAC também revelam um início menos promissor do que os dados preliminares divulgados por ela.

A Itapemirim informou ter transportado 38.841 ‘clientes’ com aproveitamento de 62%, no entanto, as estatísticas de passageiros pagos foram mais decepcionantes. O total foi metade do dado divulgado pela empresa e que certamente inclui convidados durante sua estreia. Por isso, o aproveitamento na prática foi bem menor, de apenas 31%, o mais baixo registrado pelas empresas do setor.

Trata-se, é claro, de um mês atípico, à medida que a ITA passa a se estruturar e ampliar sua malha.

Aproveitamento em voos domésticos (ANAC)

Azul na frente no total

Ainda no critério de passageiros transportados, a Azul terminou julho bem à frente das suas concorrentes Gol e LATAM, com 2,115 milhões de pessoas e 36% de participação – contra 1,853 milhão e 1,832 milhão, respectivamente.

No entanto, nos dados de RPK (Passageiros‐Quilômetros Pagos transportados), a Gol liderou com 2,26 bilhões, seguida da LATAM (2,25 bilhões) e da Azul (2,2 bilhões). A participação, portanto, foi muito próxima, em torno de 33%.

O aproveitamento também mostrou vantagem da Gol, com 84,5%, comparada a 83% da Azul e 82,1% da LATAM.

A LATAM cresceu em julho, celebrando maior competitividade do mercado (Alexandro Dias/CC)

A companhia aérea sediada no Chile celebrou a maior competitividade e o crescimento do mercado em julho. ““Os dados mostraram também que temos mais competição na aviação brasileira e o passageiro brasileiro é quem mais se beneficia de um mercado disputado, principalmente no que diz respeito ao preço”, afirmou Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

A LATAM tem feito um enorme esforço em demonstrar que está se recuperando no mercado, diante das investidas da Azul, que continua a se mostrar interessada em assumir a divisão brasileira.

Total
122
Shares
Previous Post

Emirates receberá seu último A380 em novembro

Next Post

Cazaquistão torna-se cliente do turboélice militar Airbus A400M

Related Posts