Marinha dos EUA recebe o primeiro caça F/A-18 Super Hornet do Bloco III operacional

Aeronave da Boeing se diferencia de variantes anteriores por contar com softwares e hardwares que podem ser atualizados de forma mais ágil além de novo painel e equipamentos
O primeiro caça F/A-18 Super Hornet Bloco III (Boeing)

A Boeing entregou o primeiro de 78 caças F/A-18 Super Hornet Bloco III operacionais para a Marinha dos EUA. A nova variante tem como um dos principais diferenciais a arquitetura de software e hardware abertos, e que permitem atualizações com maior rapidez.

Por conta disso, os novos Super Hornet estão mais conectados e preparados para superar futuras ameaças, explicou a fabricante. Entre várias atualizções estão o novo computador de missão com poder de processamento 17 vezes maior que o hardware usado atualmente.

O Super Hornet Bloco III possui também um sistema de comunicação TTNT (Tactical Target Network Technology), que conecta o caça a uma rede de comando e controle militar. O cockpit possui tela panorâmica sensível ao toque e graças ao redesenho dos tanques de combustível foi possível ampliar sua autonomia.

“Investimos na tecnologia Block III e desenvolvemos as capacidades em parceria com a Marinha dos EUA para atender aos seus futuros requisitos”, disse Jen Tebo, vice-presidente da Boeing dos programas F/A-18 e EA-18G.

“A frota precisa de recursos para manter sua vantagem tecnológica”, disse o capitão Jason “Stuf” Denney, responsável pelo programa F/A-18 e EA-18G da Marinha dos EUA. “Ter o primeiro [caça] Bloco III operacional em nossas mãos é um grande passo em dar suporte aos nossos objetivos”.

A US Navy encomendou 78 novos caças F/A-18 com o novo padrão (Boeing)

A aeronave de dois assentos voou das instalações da Boeing para a estação naval de Patuxent River, em Maryland onde passará por um programa de desenvolvimento com o esquadrão (VX) 23 de testes.

Somente após uma série de voos de avaliação, o primeiro F/A-18 Bloco III será introduzido em um esquadrão operacional.

No ano passado, a fabricante entregou dois caças Bloco III para familiarização dos pilotos da US Navy, mas que não eram operacionais.

A Boeing foi contratada pela Marinha dos EUA para manter os caças Super Hornet atualizados até meados da década de 2030. Além da produção dos novos aviões, a fabricante também obteve dois contratos de extensão de vida útil dos F/A-18 Bloco II e eventualmente de uma atualização para o padrão Bloco III.

Total
44
Shares
5 1 vote
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nei
Nei
17 dias atrás

Esse super Hornet novinho tá show.

Previous Post
Uma série de componentes críticos do C919 é fabricado por empresas do Ocidente (Xinhua)

Jato chinês C919 tem produção ameaçada por falta de componentes ocidentais

Next Post

LATAM Brasil realiza primeiro voo de certificação do Boeing 787-9

Related Posts