Marinha dos EUA recebe os primeiros caças Boeing F/A-18 Super Hornet “Block III”

Fôlego renovado para um velho conhecido: pacote Block III inclui novos sistemas de comando e comunicação e leva mais combustível
(Boeing)
Os primeiro aparelhos entregues pela Boeing serão utilizados em testes de validação dos novos sistemas (Boeing)

A Boeing entregou na última semana os dois primeiros caças F/A- 18 Super Hornet “Block III” à Marinha dos EUA (USN). Os aparelhos serão utilizados em testes de verificação do USN para familiarizar seus pilotos com os novos sistemas de missão e avaliar a adequação da aeronave nos porta-aviões da corporação.

Os jatos entregues pela Boeing são um F/A-18E de assento único e um F/A-18F, de dois assentos. O USN testará os dois jatos atualizados pelos próximos 12 meses. Em 2021, a Boeing deve iniciar a entrega dos modelos Block III totalmente operacionais. A Marinha dos EUA encomendou 78 exemplares do novo Super Hornet, que serão entregues a uma taxa de dois aviões por mês até 2024.

O novo F/A-18 Block III tem uma série de evolução comparado a variante anterior Block II. Segundo a Boeing, o novo computador de missão do caça tem um poder de processamento 17 vezes maior que o hardware usado atualmente.

Melhorar a parte eletrônica era uma das maiores necessidades da aeronave. O computador mais potente permite a instalação do sistema de comunicação TTNT (Tactical Target Network Technology), que conecta o caça a uma rede de comando e controle militar. Mais uma novidade eletrônica é o cockpit com tela panorâmica sensível ao toque.

O cockpit do F/A-18 “Block III” inclui tela de comando com display panorâmico (Divulgação)

Outras mudanças do pacote Block III inclui o redesenho dos tanques para transportar mais combustível o avião foi reforçado para durar mais. De acordo com a Boeing, a vida útil do Super Hornet foi prolongada de 6.000 para 10.000 horas de voo.

A Boeing afirma que o pode de processamento de dados da variante Block III mantém os caças Super Hornet em dia contra ameaças de caças furtivos, veículos aéreos não tripulados e inteligência artificial.

Mais adiante, a Marinha dos EUA planeja atualizar os modelos F/A-18 do Block II para o novo padrão. A frota do USN tem hoje aproximadamente 540 caças Super Hornet.

Derivado do F/A-18 Hornet, a série Super Hornet (F/A-18E e F em diante), introduzido em 2001, foi o substituto definitivo do clássico F-14 Tomcat(USN)

Veja mais: FAB forma primeira turma de pilotos do KC-390

Total
60
Shares
Previous Post
Frota de aeronaves da Qatar Airways

Qatar Airways empurra entrega de novos aviões até pelo menos 2022

Next Post

Empresas de design propõem versão executiva para o Airbus A220

Related Posts