‘Mini-Concorde’, Overture será fabricado na Carolina do Norte a partir de 2024

Fabricante Boom anunciou acordo com o governo do estado para construir complexo industrial no Aeroporto Internacional Piedmont Triad, na cidade de Greensboro, onde o jato supersônico será montado
Maquete digital do Overture decolando de Greensboro (Boom)

A startup Boom Supersonic escolheu o Aeroporto Internacional Piemonte Triad em Greensboro, na Carolina do Norte, como local onde construirá sua “Superfábrica” e fará a montagem do jato de passageiros supersônico Overture, a partir de 2024.

A linha de produção será implantada numa área de 65 acres ao norte do aeroporto e terá cerca de 37.200 m² de área construída.

“Selecionar o local para a fabricação do Overture é um passo significativo para viabilizar viagens aéreas supersônicas sustentáveis para passageiros e companhias aéreas”, disse Blake Scholl, fundador e CEO da Boom Supersonic. “Com alguns dos melhores e mais brilhantes talentos da aviação do país, fornecedores-chave e o apoio contínuo do estado da Carolina do Norte, a Boom está confiante de que Greensboro emergirá como o centro de produção do supersônico”.

VEJA TAMBÉM:

O governo da Carolina do Norte deverá conceder benefícios fiscais de cerca de US$ 200 milhões e a Boom, da sua parte, promete criar mais de 2.400 empregos até 2032.

“É poético e lógico que a Boom Supersonic escolha o estado que for o primeiro a voar para sua primeira fábrica”, disse o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper. “Assim como o sucesso dos irmãos Wright em Kitty Hawk, esta empresa inovadora será bem sucedida ao transformar as viagens aéreas de passageiros com velocidade e energia sustentável”, disse o democrata, não deixando de citar o primeiro voo do Flyer, aeronave idealizada pelos dois irmãos, rivais de Santos Dumont, e que decolou pela primeira vez em 1903, no litoral do estado.

Cronograma otimista

A Boom tem um planejamento bastante ousado para colocar o Overture em serviço comercial. A aeronave supersônica (Mach 2) com capacidade para transportar entre 65 e 88 passageiros deve iniciar os voos comerciais até 2029, de acordo com a empresa.

Em seu planos, a produção do primeiro protótipo do avião deverá ser marcada pela apresentação do jato em 2025 e o primeiro voo em 2026. Mas atualmente a Boom ainda não conseguiu realizar o voo inaugural do XB-1, uma aeronade de demonstração que avaliará a configuração escolhida para o jato, com três motores.

A área onde a fábrica será construída (Boom)

O turbofan a ser usado pelo Overture deverá ser fornecido pela Rolls Royce, porém, pouco se sabe sobre seu desenvolvimento e se a empresa britânica de fato se comprometeu a entregar o motor.

A indefinição sobre esse problema fez o jornalista Jon Ostrover, do site The Air Current, considerar o cronograma um tanto fantasioso já que o motor “precisaria estar em franco desenvolvimento com uma equipe de engenharia significativa agora para ficar pronto em 2026”. Não parece ser o caso.

Total
18
Shares
Previous Post

Qatar Airways pode anunciar encomenda do Boeing 777XF na semana que vem

Next Post

Força Aérea lança concorrência para adquirir dois Airbus A330-220

Related Posts