Piloto morre em acidente com caça F-5 na Tunísia

Aeronave caiu no deserto do Saara enquanto realizava uma missão operacional, informou o ministério da defesa do país
Northrop F-5 Tiger II - Força Aérea Tunisiana
(Divulgação)
Northrop F-5 Tiger II - Força Aérea Tunisiana
A força aérea da Tunísia opera os caças F-5E/F desde a metade da década de 1980 (Divulgação)

Um jato de combate Northrop F-5E Tiger II da Força Aérea Tunisiana caiu nesta terça-feira (6) na região de Remada, no sudoeste da Tunísia, a 620 km da capital Tunis.

De acordo com Ministério da Defesa da nação africana, o piloto que comandava o caça, o Capitão Mehdi Boubake, morreu no acidente e a aeronave foi destruída.

“Um caça militar do tipo F-5, que realizava uma missão operacional nas profundezas do deserto (do Saara) na área de Remada, caiu esta manhã, causando a morte de seu piloto”, informou o ministério tunisiano em comunicado.

Uma comissão técnica foi criada para determinar as causas do acidente, acrescentou o gabinete de defesa da Tunísia.

Segundo os dados mais recentes do World Air Forces, compilado pelo Flight Global, a força aérea da Tunísia possui uma frota de 12 caças monopostos F-5E e três modelos bipostos F-5F, adquiridos entre 1984 e 1989.

Veja mais: Projeto do caça Gripen F da FAB está “progredindo bem”, diz SAAB

Total
1
Shares
Previous Post
Saab Gripen D

Desenvolvimento do caça Gripen F da FAB está “progredindo bem”, diz SAAB

Next Post
Boeing 787 Dreamliner

Boeing prevê queda de 11% na venda de novos aviões até 2039

Related Posts