Rússia prepara canhão de ondas anti-drone

Projeto pretende neutralizar os equipamentos eletrônicos de aeronaves não tripuladas
O drone MQ-9 Reaper da Força Aérea dos EUA pode levar uma pesada carga de bombas (Foto - USAF)
O drone MQ-9 Reaper da Força Aérea dos EUA pode levar uma pesada carga de bombas (Foto – USAF)
O drone MQ-9 Reaper da Força Aérea dos EUA pode levar uma pesada carga de bombas (Foto - USAF)
O drone MQ-9 Reaper da Força Aérea dos EUA pode levar uma pesada carga de bombas (Foto – USAF)

Para combater os drones de vigilância e ataque, uma empresa estatal de defesa da Rússia está desenvovimento uma “arma de micro-ondas” para neutralizar aeronaves não tripuladas, informou o noticiário Sputnik. A arma terá alcance de 10 km e um poder de fogo 360°.

A nova arma não vai destruir os drones, mas sim desativar seus equipamentos eletrônicos, cortando a linha de comunicação com sua base de controle e impedindo a coleta de dados ou mesmo o lançamento de armas.

A solução russa parece ser eficiente, mas sua aplicação pode não ser necessária. Drones utilizados pelas forças armadas dos Estados Unidos e Israel já foram alvos fáceis de mísseis anti-aéreas e aparelhos menores foram derrubados por fogo de metralhadoras.

Além disso, a desativação dos controles do drone pode trazer um novo problema e o objeto pode cair, por exemplo, sobre uma cidade.

Os EUA também estão desenvolvimento uma arma de micro-ondas, mas com uma abordagem exclusivamente terrestre. A ideia é criar um dispositivo capaz de desativar equipamentos eletrônicos dentro de um edifício fechado, como computadores e telefones.

Veja mais: Boeing registra patente de drone com alcance “infinito”

 

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
asdasd
6 anos atrás

çll

Previous Post

Boeing lança nova versão executiva do 737

Next Post
Pedro Mehme a bordo de um caça F-5 EM da Força Aérea Brasileira (Foto - Agência Força Aérea)

FAB prepara novo astronauta brasileiro

Related Posts