Boeing registra patente de drone com alcance “infinito”

Ideia é construir aeronave não tripulada que pode ser recarregada sem precisar pousar
A Boeing já desenvolveu um drone-helicóptero para fins militares, o A160 Hummingbird (Foto – Boeing)
A Boeing já desenvolveu um drone-helicóptero, o A160 Hummingbird (Foto - Boeing)
A Boeing já desenvolveu um drone-helicóptero para fins militares, o A160 Hummingbird (Foto – Boeing)

A Boeing conseguiu neste mês a aprovação dos Estados Unidos de uma patente sobre um drone que pode voar “eternamente”. O projeto, de autoria dos engenheiros James Childress e John Viniotis, propões uma aeronave não tripulada com motorização elétrica que pode ser recarregada sem precisar pousar.

A ideia propõe a utilização de torres de reabastecimento para o drones, que podem pairar sobre esses pontos e se conectarem por um fio, recarregando as baterias. Os pontos de recarga também podem ser veículos em movimento, como um automóvel ou um avião. Quando a energia é reposta, o drone se desconecta e segue seu voo.

Segundo os engenheiros da Boeing, a idealização desse projeto permitiria economizar espaço físico do projeto das aeronaves, que atualmente são limitadas pela necessidade de levar grandes tanques de combustível ou pesadas baterias, no caso dos primeiros aviões elétricos que estão surgindo. Com essas mudanças, essas aeronaves com alcance ilimitado se tornariam mais práticas e rápidas, tanto em funções comerciais ou militares, já que o aparelho nunca precisa de descanso.

Eventualmente a aeronave precisaria pousar para realizar reparos ou até atualizar sistemas. O conceito da Boeing, no entanto, ainda não tem data para sair do papel, mas é de fato uma ideia que pode mudar o emprego dos drones.

A animação do site PatentYogi explica o funcionamento da ideia da Boeing (Foto - Reprodução/PatenteYogi)
A animação do site PatentYogi explica o funcionamento da ideia da Boeing (Foto – Reprodução/PatenteYogi)

Veja mais: 5 drones que podem salvar sua vida

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Emerson
Emerson
7 anos atrás

É o proxímo passo por parte deles e equipar o drone com armas, em mandar para um ponto qualquer no planeta para exterminar civils de preferência em países pobres.

Jorge Rocha
Jorge Rocha
6 anos atrás

É a tecnologia ganhando espaço cada vez mais na nossa vida. Os carros autônomos (sem motorista) já é praticamente uma realidade, caminhões e ônibus autônomos, estão em testes. Agora, aviões não tripulados (drones). O próximo passo deve ser aviões autônomos, sem piloto e sem controle remoto. O ser humano sendo cada vez mais dispensável,

reinaldo
reinaldo
6 anos atrás

voar eternamente parando sobre torres pra recarregar?
esses são os mesmos caras que inventaram a contradição, por acaso?
que chulo………

Previous Post
Aviões de grande porte, como o Boeing 787, serão um dos mais requisitados nos próximos anos (Foto - Boeing)

Demanda por aviões vai dobrar em 20 anos, afirma Boeing

Next Post
A Azul Uruguay é cotada para voar ainda em 2017 (Azul)

Azul muda saudação em Paritins após confusão com “vermelha”

Related Posts
Total
0
Share