Suécia oferece caça Gripen a Croácia

Força aérea do país quer nova aeronave para substituir os antigos MiG-21 a partir de 2019
A Croácia vai precisar de novos caças a partir de 2019 e o Gripen está na disputa (SAAB)
A Croácia vai precisar de novos caças a partir de 2019 e o Gripen está na disputa (SAAB)

A Croácia vai precisar de novos caças a partir de 2019 e o Gripen está na disputa (SAAB)

A Croácia vai precisar de novos caças a partir de 2019 e o Gripen está na disputa (SAAB)

A agência de exportação de artigos militares da Suécia (FXM) oficializou na última semana sua oferta de caças Saab 39 Gripen C/D para equipar o arsenal da Croácia. A licitação atende a um pedido no ministério de defesa croata lançado em junho deste ano para aquisição de oito a 12 aeronaves de caças para substituir os antigos modelos russos MiG-21.

Segundo o comando militar da Croácia, os 12 caças MiG-21 da frota atual estão na fase final de um processo de modernização que permitirá operá-los até meados de 2024. Com esse prazo em vista, o país pretende iniciar a substituição desses modelos por novos a partir de 2019.

Essa é a segunda vez que a Suécia oferece os Gripen a Croatia. Em 2007, o país escandinavo ofereceu 12 caças Gripen C/D usados por cerca de US$ 1 bilhão. Os croatas, porém, desistiram do plano após sofrer duras perdas financeiras com a crise econômica que veio no ano seguinte.

O governo croata também considera a opção de adquirir caças Lockheed Martin F-16 de segunda mão em estoques de países que o possuem. O modelo norte-americano, apesar de ter sido projetado nos anos 1970, ainda pode ser atualizado com equipamentos de última geração, como na versão mais recente no padrão F-16V.

Gripens diferentes

O Gripen que a Suécia ofereceu a Croácia são os modelos da série C e D, os modelos atuais do caça em fabricação. Esses aparelhos são diferentes do Gripen NG, mais avançado e com melhor desempenho, que será utilizado pela Força Aérea Brasileira a partir de 2019.

O Gripen NG terá maiores capacidades em relação a versão C/D (FAB)
O Gripen NG terá maiores capacidades em relação a versão C/D (FAB)

A versão NG, que por enquanto os únicos clientes são o FAB e a própria força aérea sueca, ainda está em fase de desenvolvimento. O projeto será desenvolvido pela Saab em parceria com a Embraer e parte dos caças destinados a FAB serão fabricados no Brasil.

Veja mais: Avião presidencial brasileiro é recebido por caças Gripen em viagem a Suécia

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
nestor sicoli cunha
nestor sicoli cunha
5 anos atrás

Thiago, creio que tbem a Confab utilizou o An 225 para levar tbs de Viracopos para o mar do norte na Inglaterra. Tratava-se de uma manutençao programada e a entrega estava atrazada, daí a necessidade da carga ir de aviao.

Previous Post
Representação artística do novo bombardeiro invisível dos EUA, previsto para 2020 (Northrop Grumman)

EUA dão sinal verde para novo avião ‘invisível’

Next Post
Quem nunca? Como qualquer outro objeto, uma bomba atômica também pode ser perdida... (The Ronald Grant Archive)

Cadê minha bomba atômica?

Related Posts