Suposto avião hipersônico SR-72 aparece em vídeo da USAF

Aeronave de espionagem capaz de voar até Mach 6 é cogitada há vários anos, mas nunca foi revelada oficialmente pelos EUA
O suposto SR-72 aparece no vídeo da Força Aérea dos EUA

Há mais de 30 anos, uma pergunta continua sem resposta: afinal o sensacional SR-71 Blackbird terá um substituto? O jato supersônico da Lockheed foi aposentado no final dos anos 90 e até hoje nenhuma aeronave assumiu sua função, de reconhecimento estratégico em grande velocidade.

Mas tudo leva a crer que a espera está chegando ao fim. No começo deste mês, a Força Aérea dos EUA (USAF) divulgou um vídeo em que mostra uma projeção de computador de um jato hipersônico, conhecido informalmente como SR-72 ou “filho do Blackbird”.

Trata-se da primeira menção clara a uma aeronave com propulsão Scramjet, desenvolvida para atingir velocidades de até Mach 6 em grande altitude.

Já se sabia desde 2013 que a Lockheed Martin, por meio da divisão Skunk Works, trabalhava num projeto de aeronave hipersônica, fato que foi confirmado em 2017 quando surgiram informações sobre um protótipo em menor escala sendo montado.

Concepção artística do SR-72: avião-espião já pode estar nos estágios iniciais de operação
Concepção artística do SR-72 (Lockheed Martin)

O vídeo corrobora o layout visto numa ilustração da fabricante dos EUA e que mostra uma aeronave com imensas entradas de ar ventrais, um único estabilizador vertical e uma fuselagem volumosa e sem janelas no cockpit.

Ainda não se sabe se o conceito será tripulado, mas altamente automatizado, ou se teremos um avião não tripulado de fato. Segundo relatos, o SR-72 terá o tamanho de um caça F-22, ou seja, bem menor que o Blackbird.

Estimava-se que o protótipo da aeronave voaria por volta de 2020, mas relatos recentes apontam para 2025.

Aurora

A revelação nos faz voltar a 1989 quando pessoas a bordo de um barco no Mar do Norte, próximo ao Reino Unido, afirmaram ter avistado uma aeronave de forma triangular reabastecendo em voo em um KC-135, acompanhado de dois F-111.

No ano seguinte, a revista Aviation & Week publicou um artigo que trazia o termo “Aurora” como parte do orçamento militar dos EUA em 1987, com dotação de US$ 455 milhões à época. Mais tarde, membros da USAF garantiram que se tratava de dinheiro para o bombardeiro B-2, no entanto.

Apesar disso, estranhos booms supersônicos foram notados no Sudeste da Califórnia em 1991, além de outros supostos avistamentos nos anos seguintes.

Projeção do Aurora: suposto avião espião poderia voar entre Rio e Paris em menos de 1 hora e 15 minutos
Projeção independente mostra como poderia ser o Aurora

Leia mais: Aurora, o avião mais misterioso do mundo

Acreditava-se então que o avião hipersônico já estaria operacional nos anos 90, porém, até hoje não surgiram evidências que confirmassem esses rumores.

Em 2006, Bill Sweetman, veterano jornalista que descobriu o termo Aurora, afirmou que após anos de investigações identificou cerca de US$ 9 bilhões destinados a programas secretos e que seriam suficientes para o desenvolvimento de uma aeronave hipersônica.

Se o SR-72 é um desdobramento do Aurora até hoje não se sabe, mas está cada vez mais claro que os EUA nunca desistitra de desenvolver um sucessor para o magnífico Blackbird.

Total
47
Shares
0 0 votes
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Lindgren
Paulo Lindgren
11 dias atrás

Permitam-me uma observação: No texto é relatado que “O vídeo corrobora o layout visto numa ilustração da fabricante dos EUA e que mostra uma aeronave com imensas entradas de ar dorsais…” entretanto, o que se mostra na imagem do suposto SR-72 são tomadas de ar ventrais, certo?

Last edited 11 dias atrás by Paulo Lindgren
Previous Post

EgyptAir fará leilão de nove jatos Embraer E170

Next Post

Turboélice Beechcraft Denali voa pela primeira vez

Related Posts