EgyptAir fará leilão de nove jatos Embraer E170

Aeronaves regionais operavam na subsidiária EgyptAir Express desde 2007 e foram retiradas de serviço em março de 2020
Um E170 da EgyptAir Express (Timo Breidenstein/CC)

A EgyptAir vai leiloar os nove jatos regionais E170LR remanescentes em sua frota. As aeronaves estão estocadas desde março de 2020 e serão oferecidas num leilão público até 20 de dezembro, afirmou o site Ch-Aviation.

Os jatos da Embraer foram fabricados entre 2007 e 2009 e possuem de 19,5 mil a 25,5 mil ciclos. As aeronaves serão vendidas em conjunto com um par de motores GE CF-34 cada.

Outros três E170 da frota original foram vendidos para a empresa de leasing estatal CIAF Leasing, com dois deles hoje alugados para a Jasmin Airways.

A companhia aérea estatal do Egito adquiriu o E170 para a EgyptAir Express, subsidiária regional fundada em 2007. Eles foram configurados com 76 assentos e operavam em rotas de baixa demanda na região.

Em 2018, a EgyptAir anunciou que os primeiros Airbus A220-300 integrariam seu braço regional, mas em novembro do ano seguinte um plano de reestruturação extinguiu a EgyptAir Express, cujas rotas e aviões foram incorporados à matriz.

Airbus A220-300 da EgyptAir; companhia do Egito adquiriu 12 aeronaves (Airbus)

Desde 2019, os E170 estavam sendo retirados de serviço à medida que os A220, com 140 assentos, eram entregues, mas a pandemia do Covid-19 acelerou o processo.

Menor variante da família E-Jet, o E170 foi o primeiro modelo lançado pela Embraer e entrou em serviço pela LOT em 2004. Apenas 191 aeronaves foram produzidas, a última delas entregue em 2017.

Total
87
Shares
Previous Post

E se a Boeing tivesse lançado o 787-3?

Next Post

Suposto avião hipersônico SR-72 aparece em vídeo da USAF

Related Posts