Virgin Atlantic recebe autorização da ANAC para operar no Brasil

Companhia aérea britânica vai operar na rota Londres-São Paulo a partir do dia 29 de março
Os voos da Virgin para São Paulo será operados com jatos Boeing 787-9 Dreamliner (Divulgação)
Os voos da Virgin para São Paulo será operados com jatos Boeing 787-9 Dreamliner (Divulgação)
A Virgin Atlantic estreará o voo Londres-Sao Paulo em 29 de março com jatos 787-9 (Mark Harkin)

Companhia aérea fundada pelo bilionário Richard Branson, a Virgin Atlantic recebeu nesta semana a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para lançar voos regulares internacionais no Brasil. A empresa, uma das maiores do Reino Unido, planeja iniciar suas operações no país a partir de 29 de março, na rota Londres-Guarulhos.

A autorização operacional é a última etapa para que uma empresa estrangeira inicie voos regulares no Brasil. A permissão de funcionamento no país foi concedida à Virgin pela ANAC em março de 2019.

As passagens da Virgin no voo entre Londres e São Paulo já estão à venda. O trecho terá frequência diária e será operado com jatos Boeing 787-9 para 264 passageiros – 31 na Upper Class, 35 na classe Premium e 198 na econômica.

Em entrevista ao jornal O Globo, em novembro do ano passado, Branson declarou que deseja quebrar o duopólio das companhias British Airways e LATAM na rota São Paulo-Londres e fazer os preços das passagens no trecho cair. Outra empresa que liga o Brasil ao Reino Unido é a low-cost Norwegian, que opera desde março de 2019 o voo entre o Rio de Janeiro e a capital britânica.

O novo voo para São Paulo é parte do plano de expansão internacional da Virgin. Em setembro do ano passado, a empresa revelou que pretende mais de 100 destinos no mundo todo a partir de Londres, incluindo destinos na América do Sul, como Buenos Aires, Santiago e Fortaleza (CE).

A Virgin também anunciou no ano passado um acordo de codeshare com a Gol, oferecendo aos seus passageiros a possibilidade de seguir viagem para 37 destinos no Brasil e vice-versa.

Veja mais: As diferentes versões do Airbus A380 que nunca saíram do papel

Total
59
Shares
Previous Post

Jatos executivos de médio porte puxaram alta nas entregas do setor em 2019

Next Post

Airbus A380 desativado pela Air France faz último voo antes de virar sucata

Related Posts