Aeroporto de Nova York terá terminal exclusivo para “pets”

Espaço poderá abrigar até 70 mil animais de variadas espécies em trânsito por ano
O terminal para animais em NY vai ter até um spa para animais de estimação (Foto - Fast Company)
O terminal para animais em NY vai ter até um spa para animais de estimação (Foto – Fast Company)
O local poderá receber desde animais de estimação à cavalos e bois (Foto - Fast Company)
O local poderá receber desde animais de estimação à cavalos e bois (Foto – Fast Company)

Bichos de estimação que viajarem a Nova York nos próximos anos serão muito bem recebidos. A empresa Fast Company, que desenvolve soluções de design, revelou os primeiro detalhes da construção de um novo terminal no aeroporto John F. Kennedy exclusivo para animais.

Segundo seus idealizadores, o “Terminal ARK”, nome que faz referência à arca de Noé, poderá abrigar até 70 mil animais que estarão em trânsito pelo aeroporto de Nova York anualmente. O local terá capacidade para receber animais de estimação, gado e até pinguins, que serão acomodados em mum ambiente especial com as condições climáticas ideias para a espécie.

A obra de 16 mil metros custará US$ 48 milhões e será o primeiro terminal de aeroporto exclusivo para animais no mundo. Além disso, o Terminal ARK também vai ter hotel, spa e até um resort, tudo para os “pets”. Haverá também serviços de táxi para os bichos.

“Grande parte do nosso projeto foi feito em colaboração com veterinários e consultores para ajudar a minimizar o estresse que um animal tem ao viajar”, disse Cliff Bollmann. Arquiteto que trabalha no projeto, ao The Guardian. Os donos dos animais ainda poderão acompanhá-los de perto por meio de câmeras instaladas no terminal. A empresa responsável pelo Terminal ARK ainda não divulgou quando a obra será concluída.

Veja mais: Dicas para entrar e sair mais rápido do avião

Galeria de fotos:

Total
0
Shares
Previous Post
Na América Latina serão necessários cerca de 97 mil novos pilotos e técnicos em 20 anos (Foto - FAA)

Aviação precisará de 560 mil pilotos em 20 anos, diz Boeing

Next Post
Para abater outros satélites com precisão, um satélite militar precisa se movimentar no espaço para alcançar o alvo (Foto - Domínio Público)

EUA suspeita de satélite russo com capacidade de ataque

Related Posts