Airbus inaugura simulador de voo do A350 em Miami

Centro de treinamento nos EUA vai treinar pilotos de empresas como Tam e American Airlines
A cabine do simulador é exatamente igual e possui todos os comandos do A350 (Airbus)
A cabine do simulador é exatamente igual e possui todos os comandos do A350 (Airbus)
A cabine do simulador é exatamente igual e possui todos os comandos do A350 (Airbus)
A cabine do simulador é exatamente igual e possui todos os comandos do A350 (Airbus)

O Centro de Treinamento da Airbus (ATC) em Miami, nos Estados Unidos, instalou nesta semana seu primeiro simulador de voo do A350 XWB. Esse é o primeiro simulador do A350 nas Américas e chega em uma bom momento: empresas como Tam, Lan e American Airlines já iniciaram suas operações com a aeronave e usarão o novo equipamento para treinar suas tripulações, algo que até então podia ser feito somente em centros na Europa.

“Com o A350 XWB entrando em serviço nas Américas, prevemos um aumento na demanda por treinamento em simulador de voos de aviões widebody, especialmente dado o sucesso do programa no continente”, diz Joe Houghton, vice-presidente de Apoio a Treinamento e Operações de Voo da Airbus.

Os equipamentos atuais podem replicar situações praticamente iguais às de um voo real. As cabines são montadas em braços articulados, que respondem aos comandos.

É um equipamento caríssimo, avaliado em dezenas de milhões de dólares, mas é a forma mais barata de treinar tripulações para uma nova aeronave. Além disso, treinamentos periódicos em simuladores são obrigatórios para pilotos comerciais manterem a validade de suas licenças.

Devido ao alto custo de um equipamento desse tipo, raramente uma companhia aérea tem seus próprios simuladores. Tam e Gol, ou até a gigante American Airlines, por exemplo, treinam seus pilotos em centros terceirizados.

Para quem não é piloto, o simulador de voo é como um "super vídeo-game" (Airbus)
Para quem não é piloto, o simulador de voo do A350 é como um super vídeo-game (Airbus)

O ATC em Miami, inaugurado em 1999, também possui outros seis simuladores de voo, dos jatos A320, A330 e A340. Segundo a Airbus, esse centro recebe anualmente cerca de 2.200 pilotos de companhias dos EUA, Canadá e América Latina.

Airway TV: Um passeio Memorial Aeroespacial Brasileiro

Total
0
Shares
Previous Post
O milésimo jato executivo que a Embraer fabricou foi um Legacy 500 (Embraer)

Embraer entrega 1000° jato executivo

Next Post
O "Shinshin" é o primeiro projeto de aeronave stealth do Japão (JASDF)

Avião “invisível” do Japão voa pela primeira vez

Related Posts