ANAC altera regra de uso de slots até o final de outubro por conta do coronavírus

Medida “waiver” abona o cancelamento de slots de companhias que não manterem a regularidade em aeroportos no Brasil
A aviação comercial brasileira perdeu 7 milhões de passageiros em 2016 (Thiago Vinholes)
A aviação comercial brasileira perdeu 7 milhões de passageiros em 2016 (Thiago Vinholes)
A aviação comercial brasileira perdeu 7 milhões de passageiros em 2016 (Thiago Vinholes)
O surto de coronavírus está reduzindo a demanda no transporte aéreo (Thiago Vinholes)

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) confirmou em nota divulgada nesta sexta-feira (13) que adotou a medida “waiver” para abonar o cancelamento de slots (horários de chegada e partida em aeroportos coordenados) do cálculo do índice de regularidade para a obtenção de direitos históricos pelas companhias aéreas.

A medida é válida até o fim da temporada Verão 2020, ou seja, 24 de outubro, e foi adotada por conta da redução na demanda de transporte aéreo devido a pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

A decisão da Anac está alinhada com a de outras organizações e autoridades de aviação civil, como a Comissão Europeia, a European Airport Coordinators Association (EUACA), da Europa, e a Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos.

Segundo as regras da ANAC, uma empresa aérea só tem direito às autorizações de pouso e decolagem em aeroportos no país se respeitar a pontualidade dos voos programados.

Veja mais: Trump ordena a paralisação de voos da Europa para os EUA devido ao coronavírus

Total
55
Shares
Previous Post

Mitsubishi planeja primeiro voo do SpaceJet M90 para as próximas semanas

Next Post

Brasil pode exportar caças Gripen para a Colômbia, diz CEO da Saab

Related Posts