Avião comercial produzido na Indonésia recebe certificação

Turboélice utilitário N219 “Nurtanio” é produzido pela fabricante estatal Indonesian Aerospace; avião é aposta para a aviação regional da Indonésia
IAe N219 Nurtanio
(LAPAN)

A fabricante estatal Indonesian Aerospace (IAe), também conhecida como Dirgantara Indonesia, anunciou a certificação operacional para sua aeronave N219 “Nurtanio”, produzida localmente.

A homologação foi emitida pela Direção Geral de Aviação Civil da Indonésia em 18 de dezembro, informou o Ministério dos Transportes indonésio nesta segunda-feira (28). A aeronave é proposta para utilização civil e militar.

O ministério planeja encomendar o pequeno bimotor turboélice regional para fins de calibração de voo e para fornecer serviços de transporte aéreo a regiões remotas do país, entre outros.

“O Ministro dos Transportes espera que esta conquista motive Dirgantara Indonésia a continuar a inovar, porque melhorias técnicas ainda são necessárias na próxima geração de aeronaves para que possam competir com aeronaves estrangeiras e tenham alto valor comercial”, informa o ministério.

O N219 estava em fase de testes certificação desde fevereiro de 2014, tendo feito seu primeiro voo em 16 de agosto de 2017. A aeronave projetada na Indonésia é uma evolução do turboélice espanhol C-212 Aviocar da CASA, empresa do grupo Airbus parceria da IAe. O avião é impulsionado por motores PT6A da Pratt & Whitney e pode transportar até 19 passageiros.

“O N219 Nurtanio é a esperança de um renascimento da indústria aeroespacial indonésia, que anteriormente fez a primeira aeronave turboélice fly-by-wire do mundo, o N250 Gatotkaca, que foi cancelado devido à severa crise econômica que atingiu a Indonésia em 1998”, ressalta a IAe.

Depois de obter a certificação de tipo, a IAe planeja iniciar as vendas do N219 em 2021, afirmou a empresa em sua conta oficial no Twitter. A aeronave é avaliada em US$ 8 milhões (cerca de R$ 41,5 milhões na cotação atual).

A fabricante ainda não tem pedidos firmes pela aeronave, mas já soma uma boa quantidade de cartas de intenção de compra, a maioria de companhias regionais da Indonésia. Com a certificação do avião concluída, é esperado que as encomendas sejam confirmadas.

Indonesian Aerospace

Fundada em 1973 como Nurtanio Aircraft Industry (em homenagem a Nurtanio Pringgoadisuryo, um dos primeiros pioneiros da aviação na Indonésia), a IAe hoje é especializada na produção de aeronaves sob licença, sobretudo da espanhola CASA. A fabricante também produz helicópteros da Airbus, como o Esquilo e o Super Puma (helicópteros que também são produzidos no Brasil).

A Indonesian Aerospace também trabalha em parceria com a sul-coreana Korean Aerospace Industries (KAI) no programa KF-X, que vai original um caça de quinta geração. O primeiro protótipo da aeronave será apresentado em 2021.

Veja mais: Rival histórica da Embraer, Bombardier completa último jato CRJ

Total
50
Shares
Previous Post

Força Aérea da Rússia recebe primeiro caça Su-57 de produção em série

Next Post
COMAC C919

Jato chinês C919 passa por testes em clima congelante

Related Posts