Avião elétrico da Rolls-Royce faz seu primeiro voo na Inglaterra

Chamada de “Spirit of Innovation”, aeronave experimental pretende atingir o recorde de velocidade de 480 km/h
Rolls-Royce Spirit of Innovation |Foto: Divulgação/Rolls-Royce

A Rolls-Royce, uma das maiores fabricantes de motores da aviação, está empenhada em desenvolver tecnologia de propulsão elétrica para eVTOL e aeronaves regionais. Para isso, a emprea lançou um programa curioso, que pretende bater o recorde mundial de velocidade para um avião movido apenas a eletricidade.

Nesta semana, o “Spirit of Innovation“, seu protótipo movido a eletricidade, realizou o primeiro voo de testes. O modelo decolou da base aérea de Boscombe Down na última quarta-feira (15) e fez um voo de aproximadamente 15 minutos.

Segundo a fabricante, o motor utilizado pela aeronave tem 400 kW de potência e inclui a bateria mais densa já utilizada em um avião. E a meta da Rolls-Royce é fazer com que o avião atinja 300 milhas por hora, algo como 480 km/h.

O programa ACCEL, (Accelerating the Electrification of Flight, ou Aceleração da Eletrificação do Voo) inclui as empresas YASA, que fornece os três motores elétricos e a Electroflight, responsável pelo pacote de baterias.

Rolls-Royce Spirit of Innovation (Divulgação/Rolls-Royce)

O avião acrobático é uma adaptação do modelo de corrida Sharp Nemesis NXT, da Air-to-Race, e que usa originalmente um motor a pistão Lycoming TIO-540-NXT de 350 hp.

O CEO da Rolls-Royce, Warren East, ressaltou a importância do projeto. “O primeiro voo do Spirit of Innovation é uma grande conquista para toda a equipe. Estamos focados em produzir os avanços tecnológicos de que a sociedade precisa para descarbonizar o transporte aéreo, terrestre e marítimo. Não se trata de quebrar um recorde mundial, a bateria e a tecnologia de propulsão desenvolvida têm aplicações relevantes para o mercado de mobilidade aérea urbana e pode ajudar no processo de eletrificação dos jatos”.

Além de desenvolver uma aeronave totalmente elétrica, a Rolls-Royce anunciou recentemente seu plano para se tornar carbono zero nos próximos anos. A meta da empresa é se tornar totalmente livre das emissões de carbono até 2050, sendo que seus produtos seriam compatíveis com esta meta até 2030.

Rolls-Royce Spirit of Innovation (Divulgação/Rolls-Royce)

Total
157
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gian
Gian
10 meses atrás

“Estamos focados em produzir os avanços tecnológicos de que A SOCIEDADE PRECISA para descarbonizar o transporte aéreo, terrestre e marítimo”.

Já estou farto de um bando de BUROCRÁTAS (financiados pelos agentes do grande capital e ligados a ONU, ousarem e/ou mesmo rogarem para si, o “direito” de falar em nome das Sociedades, em especial no Mundo Ocidental…… estou cansado destes burocratas e agentes controladores do grande capital que insistem em querer dizer o que segundo eles “é melhor p/ os Povos, Sociedades, etc…”…A única coisa que os Povos e Sociedades necessitam é que estes mesmos burocratas e agentes PAREM DE ENXER O SACO das mesmas…Qualquer pessoa minimamente bem informada sabe que o Carbono não é o problema, e sim a poluição dos Oceanos, neste sentido, o País que mais contribui negativamente para tal poluição é a China.

Toda essa HISTERIA pró eletrificação se trata única e exclusivamente de mais concentração de Poder financeiro nas mãos dos grandes oligopólios, e com isso tornar a vida das pessoas na verdade mais custosa, triste e difícil….a verdade, é totalmente o oposto do que prometem……

Previous Post

Saab enviará mais quatro caças Gripen ao Brasil nos próximos meses

Next Post

Itapemirim transportou quase 80 mil passageiros em agosto

Related Posts
Total
157
Share