Azul, LATAM e TAP reforçam voos para Portugal

Companhias aéreas aproveitam reabertura de fronteira para viagens não essenciais no país europeu para ampliar frequências até o final do ano
Airbus A330-900 da TAP em Guarulhos (magro_kr/CC)

O anúncio do governo de Portugal voltando a permitir turistas brasileiros no país motivou a Azul, LATAM e TAP a reforçarem suas frequências internacionais na rota.

A expectativa é que a flexibilização provoque um grande aumento na demanda, reprimida por 18 meses em que as restrições vigoraram por conta da pandemia.

Agora para entrar no país é necessário o Certificado Digital Covid da União Europeia, que comprova a realização do teste PCR ou teste rápido de antígeno com resultado negativo, realizado nas 72 ou 48 horas anteriores à do embarque.

A Azul foi a primeira a confirmar que deverá ampliar seus voos entre Campinas e Lisboa, hoje com quatro frequências semanais. Em sua programação de setembro constam cinco voos por semana, mas a empresa preferiu não confirmar um reforço ainda, preferindo acompanhar a demanda antes de decidir aumentar os voos – a rota é operada com o Airbus A330-900.

“Essa é uma notícia muito boa para nós. Portugal é um mercado importante pra nós porque os Clientes já conhecem bem o quão cômodo é poder embarcar de Campinas em um voo direto para Lisboa, sem a necessidade de conexões. Conforme a procura for crescendo, temos a expectativa de aumentar ainda mais a nossa oferta de voos” afirma Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Airbus A330-900 da Azul (Denmen Aviation Photography/CC)

Já a rival LATAM anunciou que passará a realizar seis voos semanais em novembro, contra quatro atualmente. A meta é voltar a ter uma frequência diária entre Guarulhos e Lisboa em dezembro – todos eles realizados pelo Boeing 767-300.

“Muitos brasileiros estavam ansiosos por essa notícia, pois Portugal é, sem dúvida, um dos nossos destinos internacionais mais procurados. Por isso, é uma satisfação anunciar esse aumento e que o voo para Lisboa voltará a ser diário já em dezembro deste ano, exatamente como era antes da pandemia”afirmou Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

Maior malha aérea

Dona do maior número de frequências entre o Brasil e Portugal, a TAP também prometeu ampliar os atuais 37 voos semanais para 52 voos por semana a partir do fim de outubro.

Boeing 767-300 da LATAM (16) (Márcio Jumpei)

“São 11 voos por semana de São Paulo para Lisboa e um para o Porto, seis voos Rio de janeiro – Lisboa e um Rio de Janeiro – Porto, três voos de Brasília, três de Belo Horizonte, cinco de Recife, três de Salvador e quatro de Fortaleza, nesses casos, todos para Lisboa”, diz comunicado da companhia.

Os novos voos incluem a retomada da operação em Belém (PA), Natal (RN) e Maceió (AL), explica a TAP, que utiliza os modelos A330-900 e A321 em suas rotas para o Brasil.

Total
19
Shares
Previous Post

Cazaquistão torna-se cliente do turboélice militar Airbus A400M

Next Post

Primeiro protótipo do jato comercial CR929 começou a ser fabricado, diz China

Related Posts