A linha de montagem da Boeing em Everett ocupa o maior edifício do mundo, com 13,385,378 m³(Boeing)

A Boeing informou na manhã de hoje que vai suspender a partir de quarta-feira, 25 de março, todas as operações de produção em suas instalações no estado de Washington por pelo menos 14 dias em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida afeta as unidades na chamada área “Puget Sound”, que inclui as unidades de Everett, Renton, Auburn e Frederickson.

“A suspensão das operações de produção durará 14 dias, durante os quais a Boeing continuará a monitorar as orientações e ações do governo contra a Covid-19 e seus impactos associados em todas as operações da empresa”, diz o comunicado da Boeing. “Durante esse período, realizaremos atividades adicionais de limpeza profunda em locais afetados e estabeleceremos critérios rigorosos para o retorno ao trabalho.”

O anúncio sobre paralisar as linhas de produção em Washington ocorre um dia após a morte do primeiro funcionário da empresa norte-americana por Covid-19. O colaborador, que não teve seu nome divulgado, trabalhava na unidade em Everett, a principal planta da Boeing.

Até o domingo (22), foram confirmados 29 casos do vírus entre funcionários da Boeing, segundo o jornal The Seattle Times, sendo 24 deles nas unidades da empresa no estado de Washington.

“Esta etapa necessária protege nossos funcionários e as comunidades onde eles trabalham e vivem”, disse o presidente e CEO da Boeing, Dave Calhoun. “É vital manter a saúde e a segurança de todos aqueles que apoiam nossos produtos e serviços e ajudar nos esforços nacionais para combater a disseminação do Covid-19.”

A Boeing acrescentou que os funcionários que podem fazer home-office continuarão em serviço. Já àqueles que não puderem trabalhar remotamente receberão licença remunerada nos primeiros 10 dias da suspensão.

“Manteremos nossos funcionários, clientes e cadeia de suprimentos em mente enquanto continuamos a avaliar a situação em evolução”, afirmou Calhoun. “Este é um momento sem precedentes para organizações e comunidades em todo o mundo.”

Nota do editor: Não confundir o estado de Washington com Washington DC, a capital dos EUA, um distrito federal entre os estados de Maryland e Virginia.

Veja mais: Produção dos turboélices De Havilland e Viking é paralisada