Brasileira assume comando da Aerolineas Argentinas

Isela Constantini deixa o comando da GM Argentina para assumir a companhia aérea estatal
A Aerolineas Argentinas é responsável por 80% das viagens domésticas na Argentina (Divulgação)
A Aerolineas Argentinas é responsável por 80% das viagens domésticas na Argentina (Divulgação)
A Aerolineas Argentinas é responsável por 80% das viagens domésticas na Argentina (Divulgação)
A Aerolineas Argentinas é responsável por 80% das viagens domésticas na Argentina (Divulgação)

A companhia aérea Aerolineas Argentinas será comandada por uma executiva brasileira. Isela Constantini deixou o comando da General Motors no país aceitou o pedido de Maurcio Macri, novo presidente da Argentina, para assumir o posta da empresa, que é uma estatal.

Isela nasceu no Brasil, mas é filha de argentinos e viveu boa parte de sua juventude na terra de seus país. Aos 44 anos, a brasileira-argentina é considerada uma das executivas mais importantes da América do Sul. Em 2014, ela também assumiu o comando da Adefa, a associação dos fabricantes de automóveis da Argentina.

A executiva terá um grande trabalho a frente da Aerolineas Argentinas, que acumula prejuízos na ordem de US$ 340 milhões. A companhia continua operando graças a um subsídio do governo de US$ 1,2 milhão por dia. Na previsão orçamentária apresentada pelo Ministério da Economia da Argentina, a empresa receberá um investimento de US$ 440 milhões em 2016.

A Aerolineas Argentinas e sua subsidiária Austral é responsável por 80% dos voos domésticos na Argentina e detém uma fatia de 40% nos trechos internacionais no mercado local.

Veja mais: Primeiro jato comercial chinês entra em operação

Total
0
Shares
2 comments
  1. Apesar das intermináveis e históricas crises econômicas na Argentina e consequentemente da estatal aérea, voo para Bs. As. desde meus 21 anos (1976, dessa vez pela saudosa Pluna) e sempre utilizei a Aerolíneas Argentinas, mais recentemente também a Austral.
    Serviços simples, porém cortez, poltronas e aviões limpos e apesar de alguma impontualidade, nunca passei por grandes problemas.
    Tenho programa de milhagem e seguirei utilizando a AA para visitar parentes em Bs. As.
    Boa sorte à Sra. Isela Constantini

  2. Como estamos atrasados! Qual a razão de uma país possuir uma companhia aérea??? Dinheiro público que deveria estar indo pra algum lugar realmente necessário e está sendo usado pra sustentar uma companhia aérea, inacreditável!!!

Comments are closed.

Previous Post
O último Globemaster foi entregue a força aérea do Qatar (Boeing)

Boeing encerra produção do cargueiro C-17 Globemaster

Next Post
Airbus A350 - TAM Linhas Aéreas (Airbus)

Airbus A350 da TAM completa primeiro voo

Related Posts