C-390 para a Índia? Embraer confirma conversas com autoridades do país

Possível acordo de venda de aeronaves KC-390 para a IAF pode envolver fornecedores de componentes indianos, diz jornal
O Embraer KC-390 vai substituir os veteranos C-130 Hércules da FAB (Embraer)
KC-390: avião militar da Embraer é adequado para os terrenos e ambientes extremos da Índia (Embraer)

A edição online do jornal indiano Financial Express revelou nesta semana que a Embraer e representantes da Força Aérea Indiana (IAF, na sigla em inglês) iniciaram “conversas” sobre a oferta do avião multimissão C-390 Millennium ao país asiático.

Em resposta ao Airway, a Embraer confirmou o contato com a IAF, mas ressaltou que ainda não há negociações em andamento.

De acordo com a publicação, um possível acordo da fabricante brasileira com a IAF poderia envolver fornecedores indianos de componentes para o C-390. Questionado pelo jornal sobre essa possibilidade, Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, disse que a fabricante está “absolutamente aberta” para integrar “soluções indianas” ao avião.

“Temos absoluta certeza de que (o C-390) é o produto certo para a Índia. Para ser franco, estamos no início do processo (de conversações) com as autoridades indianas. E acreditamos que com o parceiro indiano certo e a abordagem certa, seremos capazes de entregar para a Índia a melhor solução, mesmo integrando no avião produtos indianos”, afirmou Schneider.

Respondendo a outra pergunta do jornal indiano sobre o interesse da Embraer na Índia, Schneider ressaltou que “a Índia é um grande mercado, é um dos países que estamos próximos geopoliticamente. A Índia tem na defesa uma indústria muito complementar. Estamos muito abertos a discutir e fazer mais coisas juntos. Como fizemos no passado, estamos abertos a ver os dois países desenvolvendo coisas juntos e desenvolvendo soluções juntos.”

Concepção artística do KC-390 com as cores da Força Aérea Portuguesa (Divulgação)

O trabalho conjunto mencionado pelo CEO da divisão de produtos militares da Embraer é o projeto do NETRA AEW&CS, a versão indiana da aeronave de Alerta Aéreo Antecipado e Controle baseada no jato ERJ-145. O jato de vigilância está em serviço com a IAF desde 2017.

Comentando sobre as capacidades do Millennium, a publicação destacou que a aeronave fabricada no Brasil é adequada para operações na Índia, um país de “terrenos e ambientes extremos”.

Até o momento, a Embraer soma 29 pedidos pelo KC/C-390: 22 modelos para a Força Aérea Brasileira (que já recebeu cinco aparelhos na configuração KC-390, capaz de realizar missões de reabastecimento aéreo), cinco aparelhos para a força aérea de Portugal (na versão KC-390) e mais dois (C-390) para a força aérea da Hungria. Os clientes estrangeiros devem receber os primeiros cargueiros em 2023.

Total
18
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mau
Mau
24 dias atrás

Vamos torcer para negocio dar certo , a Embraer precisa deste folego depois que a FAB deu pra traz .

Previous Post

Companhia aérea do Vietnã analisa aquisição de jatos E2 da Embraer

Next Post

Além de vender jatos A330 para a FAB, Azul também treina militares para operar futura aeronave de reabastecimento

Related Posts
Total
18
Share