Embraer confirma primeiro cliente frotista dos jatos Praetor

Acordo de US$ 1,4 bilhão também inclui o jato executivo leve Phenom 300
Cada unidade do Praetor 600 é avaliada em cerca de US$ 21 milhões (Embraer)
Cada unidade do Praetor 600 é avaliada em cerca de US$ 21 milhões (Embraer)
Os jatos da linha Praetor são a grande aposta da Embraer na aviação executiva para os próximos anos (Embraer)

A Embraer confirmou nesta segunda-feira (21) um acordo de compra com a empresa norte-americana Flexjet. O negócio inclui uma frota de jatos executivos composta pelos novos modelos da série Praetor e o Phenom 300 – a quantidade de aeronaves contempladas no acordo não foi divulgada. O anúncio ocorreu durante a NBAA-BACE 2019, convenção e exposição de aviação executiva, em Las Vegas, nos EUA, que segue aberta até o dia 24 de outubro.

Com valor total de até US$1,4 bilhão, conforme os preços de lista atuais das aeronaves, o acordo foi incluído na carteira de pedidos (backlog) da Embraer do segundo trimestre de 2019. Com esse acordo, a Flexjet se torna o primeiro cliente frotista dos jatos Praetor.

“Somos muito gratos pelo compromisso renovado da Flexjet com a Embraer por meio desse acordo, que reflete o crescimento e a força da nossa parceria ao longo dos últimos 16 anos e simboliza nosso apoio à Flexjet na nossa jornada adiante”, disse Michael Amalfitano, presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva.

A parceria entre a Embraer e a Flexjet teve início em 2003, quando a Flight Options, que passou a fazer parte do grupo Flexjet em 2015, se tornou a primeira empresa de propriedade compartilhada a introduzir o jato Legacy na sua frota.

“Temos orgulho em introduzir os jatos Praetor no mercado de propriedade compartilhada e oferecer aeronaves tecnologicamente avançadas das categorias supermédio e médio aos nossos clientes”, disse Michael Silvestro, CEO da Flexjet. “Esse acordo representa a confiança de longa data que temos na Embraer e no seu compromisso fortalecido de assegurar suporte ao crescimento dos nossos programas e da nossa parceria por meio de jatos executivos que lideram o mercado.”

(Embraer)
O Phenom 300 é o jato executivo mais popular da Embraer, com mais de 500 unidades em serviço (Embraer)

A Flight Options introduziu o Phenom 300 na sua frota em 2010 e recebeu o 100° Phenom 300 em 2012, o ano em que o jato se tornou o jato executivo da categoria leve mais vendido do mundo.

A Flexjet foi a primeira empresa a oferecer o Legacy 500 como propriedade compartilhada, em setembro de 2015. O grupo também foi o cliente que recebeu o 1.000° jato executivo da Embraer, um Legacy 500, em abril de 2016.

Veja mais: Azul completa primeiro voo do E195-E2 com passageiros

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Eleidson Romano
Eleidson Romano
2 anos atrás

Inegável nossos engenheiros fazem a diferença independente de ser uma empresa privada ou não
Se sera negociada em parte
Se estes profissionais concordaram com a negociação
Não há de se falar em desfazer negocio
Porque são pessoas que merecem toda confiança por manterem este nome no topo por longas datas acredito que continuará sendo assim pelos próximos anos um nome consolidado no mercado internacional só se faz com muito profissionalismo

Previous Post

Caça AF-1 da Marinha sofre acidente no Rio de Janeiro

Next Post

Jato regional da Mitsubishi pode enfrentar mais atrasos

Related Posts
Total
0
Share