Versão militar do popular Airbus Esquilo, os Fennec estão em serviço com o Exército desde 1989 (EB)

O último helicóptero HA-1 Fennec do Comando de Aviação do Exército (CavEX) que ainda mantinha suas configurações originais foi enviado no início deste mês para a sede da Helibras, onde será submetido ao processo de modernização.

Em serviço com o Exército Brasileiro (EB) desde 25 de julho de 1994, a aeronave 1030 já voou um total de 3.181 horas. O último voo do aparelho, realizado no dia 25 de agosto, foi o traslado entre a base aérea do EB em Taubaté (SP) e Itajubá (MG), onde fica a sede da Helibras.

Essa aeronave integra o projeto de modernização da frota de 36 helicópteros Fennec do EB que, após o processo de atualização, ampliam em mais de 25 anos sua vida útil operacional. Voando com o EB desde 1989, o HA-1 é a versão militar do popular Airbus Esquilo monoturbina.

Dos 36 helicópteros que seguiram para a modernização na Helibras, 28 já foram entregues e voltaram a integrar a frota do CAvEX. A previsão é que o último modelo retorne ao EB em março de 2021.

Os itens de modernização dos Fennec são: glass cockpit; novos sistemas de comunicação e navegação digital que reúnem em uma só tela todas as informações da aeronave; piloto automático e um novo suporte de armamentos.

A atualização dos Fennec do EB foi iniciada em 2011 e o prazo original previa a entrega do último aparelho em 2018. Devido ao contingenciamento de gastos das forças armadas nos últimos anos, o processo de modernização dos helicópteros acabou atrasando.

Veja mais: Orçamento de defesa para 2021 inclui a compra de aviões para Exército