A FAB encomendou 28 unidades do KC-390 da Embraer para substituir os antigos C-130 Hercules (FAB)

A Embraer entregou nesse sábado (27) a terceira aeronave multimissão KC-390 Millennium à Força Aérea Brasileira (FAB). O modelo com matrícula FAB 2855 foi recebido por tripulantes do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1°GTT) – Esquadrão Zeus – na sede da Embraer Defesa & Segurança, em Gavião Peixoto (SP), e em seguida rumou para sua nova casa, a Base Aéra de Anápolis (GO).

“O recebimento da terceira aeronave KC-390 é motivo de grande satisfação para o Comando da Aeronáutica, pois será somado às missões para as quais as outras duas unidades já estão sendo empregadas. O maior exemplo disso é a utilização no transporte aéreo logístico de insumos e equipamentos para combate e prevenção à COVID-19, dentro da Operação coordenada pelo Ministério da Defesa, o que demonstra o grande ganho para toda a sociedade brasileira”, disse o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

O Tenente-Coronel Aviador Luiz Fernando Rezende Ferraz, Comandante do 1º GTT, descreveu a importância da terceira aeronave para a FAB. “A incorporação do terceiro KC-390 representa um incremento na operacionalidade da FAB e possibilita a aceleração do processo de formação de tripulantes. Considerando o atual cenário nacional, o FAB 2855 também somará forças e oportunidades de apoio ao combate à pandemia da COVID-19”, afirmou

O primeiro KC-390 foi recebido pela FAB em setembro de 2019 e o segundo aparelho, em dezembro. Ao todo, a força aérea encomendou 28 exemplares da aeronave e as entregas devem ser concluídas até meados de 2024. Outro país que também comprou o novo jato militar da Embraer foi Portugal, que é um dos parceiros estratégicos do programa – Argentina e República Tcheca também participam do projeto, embora esses países ainda não tenham feito pedidos pela aeronave.

Gigante brasileiro

Maior avião militar desenvolvido e fabricado no hemisfério sul, o KC-390 Millennium tem capacidade de realizar missões de transporte logístico, reabastecimento em voo, evacuação aeromédica, busca e salvamento, combate a incêndios, entre outras. O KC-390 foi desenvolvido para atender aos requisitos operacionais da FAB e substituir os antigos turboélices C-130 Hercules, que operam no Brasil desde 1964.

O KC-390 supera o Hercules em velocidade máxima (870 km/h contra 660 km/h), altitude de voo (11 mil metros contra 8.600 m) e capacidade de carga (26 toneladas contra 22,6 ton). Já o alcance da aeronave varia de acordo com a carga que ela transporta: voando vazio o cargueiro da Embraer é capaz de percorrer 6.130 km e carregando 26 toneladas a autonomia é reduzida para 2.820 km.

Segundo dados da Embraer, o KC-390 pode transportar até 80 soldados (ou 64 paraquedistas), três veículos blindados ou um helicóptero Black Hawk H-60. Entre as missões que o avião pode cumprir estão lançamentos aéreos de cargas, combate a incêndios, evacuação médica, busca e salvamento e reabastecimento em voo.

O novo avião multimissão fabricado no Brasil recebeu a certificação da ANAC em outubro de 2018. A FAB e a Embraer ainda trabalham na fase de certificação de Capacidade Operacional Final (FOC, na sigla em inglês), uma espécie de atestado militar que comprova todas as capacidades propostas no projeto da aeronave.

Veja mais: Embraer entrega último jato executivo Legacy 650