Gigantes do Brasil: conheça os maiores aviões que voaram com empresas nacionais

Boeing 747

Boeing 747-400 da Varig: maior companhia aérea desaparecia há 10 anos
Boeing 747-400 da Varig: maior companhia aérea desaparecia há 10 anos

O Boeing 747-400 foi o maior jato operado por uma companhia aérea brasileira no passado. Ele voou entre 1991 e 1994 com três unidades sob arrendamento para a Varig, que o colocou nas rotas para os EUA, Europa, África e Ásia.

Com 70,6 metros de comprimento, 64,4 metros de envergadura e 19,4 metros de altura, o Boeing 747-400 tem peso de decolagem de quase 400 toneladas e podia cobrir rotas de mais de 13 mil km com 382 passageiros a bordo na configuração da Varig com três classes.

Eles não foram os primeiros jumbos da Varig. A companhia introduziu o jato da Boeing nos anos 80, primeiro com os 747-200 e depois com os 747-300. Com o mesmo comprimento do 400, os modelos 200 e 300 tinham envergadura menor: 59,9 metros e peso de decolagem inferior; 377 toneladas. Além disso, o 747-200 levava menos passageiros, variando de 238 a 359 assentos em três classes na Varig.

Já o 747-300 teve duas séries (B e C), levando de 261 a 399 passageiros, dependendo da configuração. Este último chegou a operar regularmente nas rotas São Paulo-Manaus e São Paulo-Recife nos anos 90.

Total
111
Shares
Previous Post

Jato russo MC-21 é aprovado em testes no frio extremo do Ártico

Next Post

Novo caça F-15EX é batizado de “Eagle II”

Related Posts