Gigantes do Brasil: conheça os maiores aviões que voaram com empresas nacionais

Boeing 767

O Boeing 767 da Transbrasil foi o primeiro do tipo na América Latina (Christian Volpati)
O Boeing 767 da Transbrasil foi o primeiro do tipo na América Latina (Christian Volpati)

O Boeing 767 foi o primeiro birreator de longo alcance e fuselagem larga do fabricante americano e foi (e ainda é) popular no Brasil, chegando aqui em 1983 pelas mãos não da Varig, mas da Transbrasil, que trouxe três unidades do 200 e as operava de Congonhas! Esta versão tem 48 metros de comprimento e 47 m de envergadura.

Em 1993, a Transbrasil comprou quatro 767-300. A Varig foi a segunda cliente brasileira do Boeing, com 6 unidades do modelo 200 (até 225 passageiros) sendo entregues a partir de 1987. A empresa também teve oito unidades do 300ER (até 221 passageiros) de alcance estendido.

O 767 se mantém como um jato de fuselagem larga tradicional no Brasil. Além das duas pioneiras, a Gol e a RIO Linhas Aéreas o operaram brevemente na versão -200. Já o 767-300ER teve uma curta carreira na Oceanair (Avianca Brasil) e BRA. Atualmente a Latam Airlines Brasil tem 13 exemplares do 767-300ER em operação.

Total
110
Shares
Previous Post

Jato russo MC-21 é aprovado em testes no frio extremo do Ártico

Next Post

Novo caça F-15EX é batizado de “Eagle II”

Related Posts