Jato russo MC-21 é aprovado em testes no frio extremo do Ártico

Certificação e entrega das primeiras aeronaves é esperada para o segundo semestre de 2021
O jato russo MC-21 vai concorrer contra os tradicionais Airbus A320 e Boeing 737 (UAC)

A fabricante russa Irkut Corporation, parte do grupo estatal United Aircraft Corporation, anunciou hoje (7/4) que concluiu com êxito os testes de certificação do jato comercial MC-21-300 sob condições naturais de gelo. A aeronave foi avaliada na costa do Mar Branco, no Círculo Polar Ártico, uma das regiões mais frias do mundo.

“A aeronave confirmou seu desempenho de projeto mesmo com uma camada de 8 centímetros de gelo. Isso atende totalmente aos padrões russos e europeus da aviação, de acordo com as regras de certificação”, informou a Irkut, acrescentando que a aeronave executou 14 voos de testes em clima congelante com duração de 3 a 5 horas.

Durante as provas no Mar Branco, a tripulação do MC-21 voou em condições que normalmente são evitadas por aviões comerciais, como atravessar nuvens com formações de gelo. O objetivo do teste é comprovar que a aeronave pode enfrentar com segurança uma situação como essa. “O principal perigo do gelo é a distorção das asas e outras superfícies da aeronave, deteriorando significativamente seu desempenho de voo”, explicou a fabricante russa.

Além de avaliar a estabilidade e os controles da aeronave, a Irkut também testou o funcionamento dos sistemas antigelo do MC-21 e outros sistemas da aeronave, como equipamentos de iluminação externa, comunicação por rádio e o trem de pouso.

A avaliação em temperaturas congelantes é uma das últimas etapas no processo de desenvolvimento e certificação de um novo avião comercial, que deve demonstrar que pode suportar com segurança operações em regiões com climas severos, seja no frio ou no calor.

Certificação encaminhada

Proposto para competir na mesma categoria dos tradicionais Airbus A320 e Boeing 737, o MC-21-300 (com motores Pratt & Whitney) completou seu primeiro voo em maio de 2017, em Irkutsk, na região da Sibéria, onde fica a sede da Irkut. O jato russo é projetado para receber até 211 passageiros e tem alcance de 6.000 km. A fabricante também está desenvolvendo uma variante da aeronave com motores russos, o MC-21-310 (impulsionado por turbofans Aviadvigatel PD-14).

O voo inaugural do MC-21 foi realizado em 28 de maio de 2017 (UAC)

O cronograma original do fabricante previa o início das entregas do MC-21 em 2019, mas o projeto sofreu uma série de atrasos por questões técnicas e também em função da pandemia da Covid-19, que paralisou os testes com a aeronave em boa parte do ano passado.

Revisado os planos, a Irkut agora espera receber a certificação da aeronave nos próximos meses e iniciar as primeiras entregas aos clientes ainda neste ano. Até o momento, o MC-21 soma em torno de 175 pedidos (firmes e opções de compra), sendo a maioria deles de empresas aéreas da Rússia.

Total
94
Shares
Previous Post
Boeing 737 MAX 200

Agência europeia certifica o novo Boeing 737 MAX 200

Next Post

Gigantes do Brasil: conheça os maiores aviões que voaram com empresas nacionais

Related Posts