Gol anuncia compartilhamento de voos com a MAP Linhas Aéreas

Com novo parceiro de codeshare, Gol ganha conexão com 11 novos destinos na região Norte
A frota da MAP conta com cinco aeronaves: são três ATR 42 e dois ATR 72 (ATR)
A frota da MAP conta com cinco aeronaves: são três ATR 42 e dois ATR 72 (ATR)
(MAP)
A MAP opera com turbo-hélices ATR 72 e ATR 42, como o modelo acima (MAP)

A Gol anunciou nesta terça-feira (2) um acordo de compartilhamento de voos (codeshare) com a companhia aérea regional MAP Linhas Aéreas, de Manaus (AM), que atua na região Norte do Brasil, dos estados do Amazonas e Pará. O Airway já havia antecipado essa informação no início deste ano.

Neste momento, os trechos da MAP podem ser adquiridos via call center e lojas da Gol, para viagens a partir de 3 de abril. Em breve, os voos da empresa manauara também estarão disponíveis as viagens integradas com trechos Gol, em todos os canais de vendas, informou a companhia.

Os destinos da MAP contemplados no codeshare com a Gol são as cidades amazonenses de: Eirunepé, São Gabriel da Cachoeira, Carauari, Lábrea, Coari, Tefé, Barcelos e Parintins. Já no Pará, as cidades disponíveis são: Itaituba, Porto Trombetas e Altamira.

Os voos da Gol serão conectados aos trechos da MAP a partir de Belém (PA) e Manaus. A companhia aérea da Amazônia opera com aviões turbo-hélice ATR 42 e ATR 72, com capacidade para 46 e 68 passageiros respectivamente. Como explicou a empresa, os passageiros farão apenas um check-in em todo o percurso.

“A iniciativa faz parte do nosso plano de expansão no país, ampliando a capilaridade de destinos, neste caso, com mais opções de conexão aos clientes que saem ou chegam à região Norte do Brasil. A parceria com a MAP é fundamental neste processo”, pontua Randall Saenz Aguero, diretor de alianças, distribuição e desenvolvimento Internacional da Gol.

(Gol)
Os voos da Gol serão conectados aos trechos da MAP a partir de Belém e Manaus (Gol)

Para o presidente da MAP Linhas Aéreas, comandante Marcos Pacheco, a parceria reforça o posicionamento da companhia como uma empresa que aposta no desenvolvimento da região Norte do país. “A MAP se preparou muito para esse momento. Estamos contentes de poder anunciar o acordo, que trará inúmeros benefícios para a região”, ressalta o executivo.

Companhia aérea da Amazônia

A MAP Linhas Aéreas ainda é uma companhia novata no mercado brasileiro. Concentrada na região Norte do país, a empresa estreou em 2013 voando em trechos pela Amazônia que antes só podiam ser conectados por barcos ou voos privados.

Desde que estreou no mercado de aviação, a MAP só cresceu. No ano passado, a companhia manauara foi a que teve o maior crescimento no Brasil, com um aumento de 20% no número de passageiros transportados – a empresa transportou 150 mil passageiros em 2018.

A MAP é atualmente a única companhia aérea do Brasil que voa para cidades no interior do Amazonas (ATR)
Os voos da MAP ligam as cidades de Belém e Manaus a pequenos municípios no AM e PA (ATR)

A frota da companhia é composta por seis aeronaves: três ATR 42-300, dois ATR 72-200 e um ATR 72-500, adquirido recentemente.

Um processo fundamental para a MAP conseguir acordos de codeshare com grandes companhias foi a auditoria da IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos). O órgão acompanhou as operações da empresa durante o ano passado e emitiu a recertificação IOSA (Auditoria de Segurança Operacional da IATA), atestando o nível de segurança da companhia de Manaus de acordo com normas internacionais.

Veja mais: Embraer entrega primeiro E175 para uma companhia na África

 

 

Total
0
Shares
2 comments
  1. Parabéns pela parceria, MAP é uma empresa aérea competente e comprometida com uma viagem segura para seus passageiros. Desejo que seja ampliada mais ainda.

Comments are closed.

Previous Post
(Flapper)

Empresa brasileira de voos compartilhados agora aceita pagamentos em Bitcoin

Next Post
Brian Bukowski

LATAM irá introduzir o Airbus A350-900XWB no voo para Joanesburgo

Related Posts