Gol completa 15 anos de operações na Argentina

Companhia já transportou mais de 12 milhões de passageiros entre o Brasil e o país vizinho
A Gol reduzirá parte de seus voos internacionais entre abril e julho (Gol)
Malha argentina: a Gol tem voos para Buenos Aires, Córdoba, Rosário, Mendoza e Bariloche (Gol)

A companhia aérea Gol vai completar um marco importante no próximo dia 22 de dezembro: os 15 anos de operações entre o Brasil e Argentina. Ao longo desse anos, a empresa transportou mais de 12 milhões de passageiros entre os dois países e hoje é uma das referências nesse trecho.

A companhia iniciou suas atividades na Argentina em dezembro de 2004, com voos partindo do aeroporto de Guarulhos/São Paulo para o Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires. Em 2006, aumentou a malha de destinos no país com voos para Córdoba e Rosário e, por fim, em 2015, para Mendoza. Além disso, a empresa oferece voos para Bariloche na alta temporada de inverno.

A Argentina é um dos destinos turísticos preferidos dos brasileiros na América Latina, ao mesmo tempo em que o Nordeste brasileiro é muito buscado pelos argentinos.De acordo com dados da Embratur, cerca de 2,4 milhões de argentinos visitaram o Brasil no ano passado, gastando cerca de 1,62 milhão de dólares no País.

A Gol iniciou suas operações em Buenos Aires com apenas dois voos diários. Hoje, a Argentina é seu maior mercado fora do Brasil, transportando mais de 500 mil passageiros por ano, em 3.600 voos.

“A companhia oferece partidas de Buenos Aires para dez capitais brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Brasília, João Pessoa, Salvador, Fortaleza, Natal, Recife e Maceió. Além disso, é uma ponte de amizade e cooperação entre o Brasil e as nações latino-americanas”, afirma Ciro Camargo, country manager da Gol para países da América do Sul.

Na Embaixada do Brasil em Buenos Aires, Sérgio França Danese (à esq.), embaixador, com Paulo Kakinoff, presidente da Gol, no evento que celebrou os 15 anos da companhia na Argentina (Gol)

A Gol possui 9% de participação no mercado total de voos entre o Brasil e a Argentina e é a empresa que transporta mais brasileiros e argentinos entre as duas nações. Ao todo, a Gol opera 77 voos por semana em trechos de e para país vizinho.

Rota disputada

Quem faz uma pesquisa rápida sobre passagens aéreas do Brasil para a Argentina pode se surpreender com a presença de companhias “intrusas”. A rota Guarulhos – Ezeiza, por exemplo, é servida com voos diretos em grandes jatos da Qatar Airways, Ethiopian Airlines e Turkish Airlines.

Essas frequências são conexões entre os dois países e os hubs das companhias em outros continentes. Outra empresa famosa voando entre o Brasil e a Argentina é a Emirates Airline, com o trecho do Rio de Janeiro/Galeão para o Ezeiza.

Boeing 777-300ER da Emirates
Não é de A380: a Emirates voa entre Buenos e o Rio de Janeiro com jatos Boeing 777 (Divulgação)

Além da Gol, a Azul e a LATAM também voam diariamente de diferentes pontos do Brasil para a Argentina. No lado argentino, as opções são a low-cost Flybondi e a Aerolíneas Argentinas (também com voos operados pela divisão Austral).

Aos brasileiros que pretendem ir para Argentina, vale lembrar que o Aeropaque Jorge Newbery, aeroporto central da capital argentina, não recebe mais voos internacionais oriundos do Brasil – a única exceção são voos do Uruguai. A restrição começou em abril deste ano para desafogar o terminal e concentrar o movimento no aeroporto de Ezeiza, mais afastado. Outra opção (ainda mais afastada do centro) são os voos da Flybondi que chegam pelo aeroporto de El Palomar, a cerca de 40 km no centro de Buenos Aires.

A Flybondi é uma das sensações no mercado de voos para a Argentina (Divulgação)

Segundo o banco de dados da ANAC, foram registrados mais de 31,9 mil voos entre o Brasil e a Argentina em 2018, que movimentaram cerca de 4 milhões de passageiros. O movimento em 2019 é um pouco menor: até novembro, a agência contabilizou 26.392 voos entre os dois países e 3,5 milhões de passageiros.

Veja mais: Em seis meses, Airbus A321XLR acumula mais de 450 pedidos

Total
0
Shares
Previous Post

Cabine de comando do A350 ganha monitores touch screen

Next Post

Primeiro Cessna SkyCourier recebe conjunto de asas

Related Posts