Imagens oficiais em primeira mão: como será o caça Sukhoi Su-75 de dois assentos

Novo caça russo de 5ª geração aparece pela primeira vez em versão para dois ocupantes. Modelo tem primeiro voo programado para meados de 2024 e quer rivalizar com o americano F-35
Su-75 biposto: novo caça russo pode ser o principal concorrente do americano F-35 (AIRWAY)

Próxima grande aposta da indústria aeronáutica de defesa da Rússia, o caça Su-75 Checkmate também está sendo projetado numa versão para dois ocupantes. Imagens oficiais obtidas em primeira mão pelo AIRWAY revelam como será a aeronave com cockpit duplo.

Desenvolvido pela Sukhoi, o Checkmate é um caça monomotor com design furtiva e equipamentos que são capazes de torná-lo “invisível” aos radares, além de motor com sistema de empuxo vetorial, por isso ele considerado de 5ª geração. O novo projeto russo foi revelado em julho de 2021 durante o show aéreo MAKS, em Moscou, como um produto destinado para exportação, embora seja natural que a força aérea do país acabe se tornando um cliente diante da falta de aeronaves modernas em sua frota.

Comparando os desenhos do Su-75 monoposto com o Checkmate de dois assentos é possível confirmar que a Sukhoi não alterou o comprimento da fuselagem, alojando a tripulação em um cockpit posicionado um pouco mais para trás. Esse tipo de configuração normalmente leva a perda de espaço para armamentos e combustível, o que leva a crer que o Su-75 biposto poderá ter um desempenho inferior.

Comparação entre as versões de um e dois assentos do Su-75: tamanho semelhante

Resta saber qual é o objetivo da United Aircraft Corporation, a holding que controla a Sukhoi e as principais fabricantes aeroespaciais russas. Será o Checkmate de dois lugares um avião de treinamento ou uma aeronave com a missão de realizar ataques, talvez sendo usado como vetor de aeronaves não tripuladas? A segunda hipótese parecer mais plausível diante da evolução das estratégias de combate no campo de batalha.

Segundo informações divulgadas anteriormente pelo UAC, o primeiro voo do Su-75 (na versão monoposto) é programado para meados de 2024 e sua produção em série deve começar em 2026, com entregas a partir do ano seguinte.

Segundo assento não revela mudanças em relação ao primeiro no desenho registrado pela Sukhoi

ACOMPANHE O AIRWAY NAS REDES SOCIAIS

Conforme já foi mencionado pelo CEO da UAC, Yuri Slyusar, a meta da empresa é produzir 300 exemplares do novo caça num período de 15 anos após a conclusão do projeto. O executivo-chefe do conglomerado estatal também já comentou que o jato será capaz de voar a velocidade máxima em torno de 1.900 km/h e oferecer um raio de combate de 3.000 km. Espera-se ainda que a aeronave tenha um custo de aquisição bastante baixo, estimado entre US$ 25 milhões e 30 milhões.

A Sukhoi, até o momento, revelou poucos dados sobre os detalhes técnicos do Checkmate, mas garantiu que ele compartilha muito do que existe no Su-57 Felon, que hoje é o caça russo mais avançado em serviço. Um desses componentes deverá ser o motor com pós-combustor Izdeliye 30, mas a informação não foi confirmada.

A UAC, no entanto, adiantou que o novo jato de combate terá o compartimento interno de armamentos mais capaz da sua classe, incluindo todos os mísseis que equipam o Felon. E que será uma aeronave modular, capaz de receber atualizações com maior frequência, a exemplo do seu rival norte-americano, o Lockheed Martin F-35.

As sanções comerciais por que passa a Rússia, no entanto, podem atrasar o cronograma do programa, além de reduzir o mercado externo do Checkmate. Portanto, será preciso mais tempo para entender qual o papel do Su-75 de dois assentos nesse cenário.

Caça Su-75 Checkmate (UAC)

Total
0
Shares
1 comment
  1. Projeto novo, demorado será e ainda no meio de uma Guerra com a Ucrânia. Mas essa entrada de ar do motor, ficou feia.

Comments are closed.

Previous Post

Embraer consegue certificar o jato E190-E2 na China

Next Post

Skymark Airlines, do Japão, planeja aquisição de até 12 jatos 737 MAX

Related Posts
Total
0
Share