KF-X: primeiro caça projetado na Coreia do Sul está quase pronto

Korean Aerospace Industry marca apresentação do caça KF-X para abril
KF-X
O primeiro voo do KF-X está programado para 2022 (KAI)

A Administração do Programa de Aquisição de Defesa da Coreia do Sul (DAPA) anunciou hoje (1) que o primeiro protótipo do jato de combate KF-X está quase concluído e que sua apresentação é planejada para o próximo mês.

Imagens divulgadas pela DAPA mostram a aeronave totalmente montada, faltando apenas os retoques finais. Produzido pela Korean Aerospace Industry (KAI), o KF-X é o primeiro caça supersônico totalmente projetado na Coreia do Sul.

A KAI informou que tem oito protótipos sendo produzidos simultaneamente na unidade em Sacheon, incluindo dois modelos de teste da versão biposto (para dois pilotos). Quatro dessas aeronaves estão na fase final de montagem, de acordo com a fabricante.

A empresa diz que vai usar seis protótipos para ensaios de voo, enquanto dois serão utilizados em testes de solo. O primeiro voo do KF-X está previsto para ocorrer em julho de 2022.

Segundo a KAI, todos os protótipos em fase de construção foram projetados de forma ligeiramente diferente para conduzir vários testes antes da introdução oficial da aeronave na força aérea sul-coreana, prevista para meados de 2028.

KF-X
A Força Aérea da Coreia do Sul já tem um pedido por 40 exemplares do KF-X (KAI)

Os jatos KF-X substituirão os antigos caças F-4 e F-5 da força aérea sul-coreana. O programa também tem a participação da Indonésia.

“Depois de trabalhar apenas com o projeto, teremos agora algo que podemos realmente ver e testar se o que temos estudado realmente funciona”, disse Jung Kwang-sun, chefe do programa KF-X na DAPA.

KF-X
O KF-X é projetado para ser um caça da geração 4,5 (KAI)

Meio coreano, meio indonésio

O KAI KF-X é um programa de desenvolvimento conjunto da Coreia do Sul e da Indonésia. Também chamado de Boramae (Falcão em coreano), o projeto foi iniciado em 2001 pelos sul-coreanos e os indonésios entraram no empreendimento em 2010, embora ainda não tenham formalizado seus pedidos.

A ideia inicial dos coreanos era desenvolver um caça monoposto bimotor de quinta geração com recursos furtivos (stealth) que excedesse as performances dos caças Dassault Rafale e o Eurofighter Typhoon, mas ainda abaixo do avançado Lockheed Martin F-35 Lightning II.

Posteriormente, prevendo custos elevados e um maior tempo de desenvolvimento, os requisitos do projeto foram rebaixados à pedidos da força aérea da Coreia do Sul, que passou a pedir um jato de geração 4,5 com capacidades stealth limitadas.

KF-X
Concepção artística do caça sul-coreana KF-X (KAI)

Segundo dados da KAI, a versão final do KF-X poderá voar a velocidade máxima de Mach 1.8 (2.222 km/h) e terá peso máximo de 25.400 kg. O caça coreano-indonésio será equipado com 10 pontos de fixação para armamentos e sensores.

O KF-X será o segundo avião de combate desenvolvido na Coreia do Sul. O modelo pioneiro no país, também projetado pela KAI, foi o T-50/F-50 Golden Eagle, um jato leve com desempenho supersônico projetado para atuar como avião de treinamento avançado e aeronave de ataque.

Veja mais: Turquia apresenta conceito de helicóptero militar elétrico e não tripulado

Total
1
Shares
Previous Post
T629 Concept - Turkish Aerospace Industries

Turquia apresenta conceito de helicóptero militar elétrico e não tripulado

Next Post
A Indonésia é outro país equipado com os avançados Su-30 (Divulgação)

Pequenos países com grandes forças aéreas

Related Posts