Turquia apresenta conceito de helicóptero militar elétrico e não tripulado

Helicóptero de ataque não tripulado e com motor elétrico projetado pela Turkish Aerospace Industries deve voar ainda neste ano
T629 Concept - Turkish Aerospace Industries
Helicóptero militar conceitual T629 da Turkish Aerospace Industries (TAI)

Maior empresa de tecnologia aeronáutica da Turquia, a Turkish Aerospace Industries (TAI) revelou na semana passada um protótipo preliminar do helicóptero de ataque T629 não tripulado e com motorização totalmente elétrica.

O projeto do T629 está em andamento desde 2017 e a TAI começou a montar o primeiro modelo de testes em 2019. De acordo com a fabricante, o aparelho é destinado para missões de busca e resgate, vigilância marítima (incluindo capacidade para combater submarinos) e reconhecimento.

A empresa turca ainda não divulgou quaisquer detalhes sobre o sistema de propulsão elétrica do helicóptero, mas adiantou que ele deve pesar em torno de 6 toneladas e poderá ser armado com mísseis antitanque L-UMTAS (produzido na Turquia) e foguetes de 700 mm não guiados. O primeiro voo da aeronave deve acontecer neste ano, de acordo com a TAI.

O design do T629 remete ao formato do T129 ATAK, helicóptero de ataque produzido pela TAI – que por sua vez é a versão turca do modelo italiano Leonardo A129 Mangusta.

“Faz tudo” da Turquia


Embora seja uma companhia relativamente nova, a Turkish Aerospace, fundada em 2005, tem um invejável catálogo de produtos e serviços nas aéreas de aviação civil e militar.

A empresa é a principal mantenedora da força aérea turca, fornecendo programas de manutenção e atualização para a frota local de caças F-16 e cargueiros C-130 Hercules, entre outras aeronaves.

A TAI também produz o avião de treinamento e ataque leve Hürkuş (por sinal um competidor do Embraer Super Tucano) e oferece um variado menu de drones de vigilância e ataque, todos eles empregados pelas forças armadas da Turquia.

"Tucano turco": o Hürkuş é empregado como avião de treinamento e ataque leve (TAI)
“Tucano turco”: o Hürkuş é empregado como avião de treinamento e ataque leve (TAI)

A Turkish tem ainda uma importante atuação no ramo dos helicópteros. A empresa está desenvolvendo o helicóptero utilitário de uso civil e militar T625 Gökbey e produz os modelos T70 (versão local do tradicional Sikorsky UH-60 Black Hawk) e o T125 ATAK.

No mercado civil, a TAI é uma bem-sucedida fornecedora de aeroestruturas e componentes para jatos de passageiros. Airbus e Boeing, por exemplo, são grandes compradores de produtos da companhia turca, que produz seções de fuselagem e painéis de asas para uma série de aeronaves das duas empresas. A Turkish também fornece itens para jatos executivos da Gulfstream.

O próximo grande passo da fabricante turca é o programa TF-X, que prevê o desenvolvimento local de caça furtivo de quinta geração. O primeiro voo da aeronave está programado para 2023, ano em que será celebrado o centenário da República da Turquia.

Projeção do TF-X: caça de 5º geração turco lembra aviões americanos (TAI)
Parece um F-22 americano, mas este é o TF-X, caça de 5ª geração projetado na Turquia (TAI)

Veja mais: Conheça os helicópteros mais letais do mundo

Total
51
Shares
1 comment

Comments are closed.

Previous Post

KLM Cityhopper estreia seu novo Embraer E195-E2

Next Post
KF-X

KF-X: primeiro caça projetado na Coreia do Sul está quase pronto

Related Posts