LATAM planeja lançar voos diários entre São Paulo e Joanesburgo

Empresa opera atualmente cinco vezes por semana o trecho entre a capital paulista e a cidade na África do Sul
Airbus A350 da LATAM: companhia escalou o novo jato para substituir o 767 na rota entre São Paulo e Lisboa (Clément Gruin)
A LATAM voa para Joanesburgo com jatos Airbus A350 com 339 assentos (Clément Gruin)

O Grupo LATAM Airlines informou nesta segunda-feira (27) que planeja voltar a operar o voo São Paulo-Joanesburgo diariamente. Atualmente, a divisão brasileira da companhia aérea realiza o trecho entre a capital paulista e a cidade na África do Sul cinco vezes por semana. A data de início para a operação diária segue em definição, informou a empresa.

A companhia diz que o incremento no trecho para Joanesburgo “reflete o planejamento estratégico da LATAM para abrir mercados que sejam sustentáveis e seguir como a companhia aérea com melhor conectividade da América Latina”.

As novas frequências no trecho, a partir do aeroporto de Guarulhos, serão adicionadas às terças e quartas, com decolagens sempre às 17h30 (hora local). O voo de ida tem 8 horas e 25 minutos de duração.

No sentido inverso, partindo do aeroporto O.R. Tambo, serão adicionados novas operações às quartas e quintas, com decolagens programada para às 12h (hora local). O voo entre Joanesburgo e São Paulo tem duração média de 10 horas e 25 minutos.

Latam vs South African Airways

Apenas duas empresas voam no trecho entre São Paulo e Joanesburgo: LATAM brasil Airlines e a South African Airways. A empresa sul-africana ainda tem uma ligeira vantagem nesse trecho, mas isso deve mudar quando a empresa brasileira tornar o voo diário novamente. Além disso, a LATAM opera o trecho com o A350-900, aeronave que tem mais assentos que os Airbus A330 da SAA.

Em 2019, a LATAM transportou 122 mil passageiros no trecho contra 124 mil da SAA, porém, o aproveitamento da empresa brasileira foi bem superior, da ordem de 82% de ocupação em seus voos, enquanto a SAA alcançou 73%, segundo dados da ANAC. Em dezembro, por exemplo, essa virada ficou bastante nítida, com a companhia sul-americana transportando 13.281 passageiros contra 11.297 da empresa sul-africana entre São Paulo e Joanesburgo.

Veja mais: Embraer inicia produção do primeiro KC-390 de Portugal

Total
2
Shares
Previous Post

Avião sai da pista e vai parar no meio de avenida no Irã

Next Post

Parceria entre Boeing e divisão comercial da Embraer é aprovada pelo CADE

Related Posts