Maior motor a jato do mundo: GE9X do Boeing 777X é aprovado nos EUA

O novo motor produzido pela GE Aviation foi certificado pela FAA para operações comerciais
Motor turbofan General Electric GE9X
GE9X para o 777X: o maior motor a jato do mundo para o maior avião bimotor de todos os tempos (Dan Nevill)

A agência de aviação civil dos EUA (FAA) certificou o turbofan GE9X para uso comercial. O propulsor fabricado pela GE Aviation é o maior motor a jato de todos os tempos, projetado para impulsionar o novo Boeing 777X.

Em comunicado, a GE diz que utilizou oito propulsores na campanha de certificação do GE9X, acumulando quase 5.000 horas de operação e 8.000 ciclos. Parte desses ensaios foi realizado em voo com um Boeing 747 modificado para voar com diferentes motores.

“O foco da GE continua sendo trabalhar com a Boeing para completar o programa de teste de voo do 777X e ver o avião entrar em serviço. Vários motores GE9X de produção foram montados e a GE Aviation está em processo de conclusão dos testes de aceitação de fábrica”, acrescentou a fabricante de motores.

Os números do GE9X são impressionantes: o diâmetro de seu fan é de cerca de 3,40 metros, equivalente ao tamanho da fuselagem de um Boeing 737. A taxa de compressão do motor é de 27 para 1, a mais alta já utilizada na aviação comercial, alcançando empuxo máximo de 105.000 libras.

Boeing 747-400 - GE Aviation
O Boeing 747 da GE decolando com o motor GE9X (GE)

A certificação do GE9X acontece à medida que a Boeing avança com cautela no programa de certificação do 777-9. Em função da pandemia da COVID-19, a fabricante adiou a entrega dos primeiros exemplares para 2022, momento em que a demanda global de passageiros deve aumentar e justificar a introdução de uma aeronave de grande porte e longo alcance.

O motor GE9X foi projetado para atingir um consumo específico de combustível 10% menor em comparação com os modelos da série GE90, o turbofan usado nas primeiras gerações do 777. A fabricante ainda afirma que o novo motor emite menos emissões do que qualquer outro concorrente de sua classe.

Comparação do tamanho no novo motor GE9X com o GE90 da geração passada e a fuselagem de um 737
(The Air Current)

“Assim como o GE90 foi pioneiro em novas tecnologias para motores de aeronaves comerciais há mais de 25 anos no Boeing 777, o GE9X define o novo padrão de desempenho e eficiência de motor graças à incorporação das tecnologias mais avançadas desenvolvidas na última década”, disse Bill Fitzgerald, vice-presidente e gerente geral de Operações de Motores Comerciais da GE Aviation.

A GE recebeu pedidos e opções de compra para mais de 600 motores GE9X que futuramente serão usados nos Boeing 777X. Cada motor é avaliado em cerca de US$ 40 milhões (cerca de R$ 225 milhões).

Veja mais: Azul recebe aprovação para voar jatos Embraer como cargueiro

 

Total
127
Shares
Previous Post
Boeing 717 - Delta Air Lines

Delta prepara estreia do Airbus A220-300 e decide manter o Boeing 717 até 2025

Next Post
Embraer E195 da Bamboo Airways, empresa aérea do Vietnã

Companhia aérea do Vietnã estreia voos com o Embraer E195

Related Posts