Primeiro Airbus A350 da Azul pode chegar ao Brasil em agosto

Companhia aérea deverá operar em breve quatro aeronaves do widebody, que será seu maior jato comercial
Azul perto de receber primeiro A350 (Airbus)

O primeiro dos quatro Airbus A350-900 cotados para voar pela Azul Linhas Aéreas deverá chegar ao Brasil em agosto. A afirmação teria sido feita pelo diretor de Relações Institucionais, Fábio Campos, ao site Melhores Destinos, mas que suprimiu o trecho em sua matéria posteriormente.

No artigo, Campos teria dito que o widebody passará por um período de certificação no país antes de entrar em serviço em dezembro, na melhor das hipóteses. Duas aeronaves são citadas como previstas para serem incorporadas à frota neste ano enquanto os outros dois A350 ficariam prontos em 2023.

Airway questionou a Azul, mas a companhia aérea se limitou a enviar a mesma resposta publicada em outro artigo de junho. “A Azul segue trabalhando em seu plano de renovação de frota, já anunciado no passado. Em relação a este assunto, novos detalhes deverão ser anunciados em momento oportuno”, diz texto.

A confirmação que a Azul está em preparação para contar com a aeronave de longo alcance veio pela empresa francesa Tarmac Aerosave, que recentemente revelou ter recuperado condições de voo de um dos A350.

“Que conquista! Estamos profundamente envolvidos na entrada em serviço do A350 na Azul. Este é de longe o nosso projeto mais importante no pós-Covid,” afirmou a Azul, segundo a Tarmac em sua conta no Twitter.

Um dos A350 previstos para serem repassados para a Azul ainda com a pintura da Hong Kong Airlines (N509FZ)

Aviões da Hong Kong Airlines

O A350-900 deveria ter sido recebido anos atrás pela companhia aérea brasileira, mas a direção da empresa mudou de ideia, optando pelo A330-900neo, de menor capacidade e custo de operação. Como já estavam contratadas, as aeronaves acabaram sendo repassadas para o grupo chinês HNA, que era acionista da Azul na época. Os quatro aviões foram operados pela Hong Kong Airlines até 2020.

Segundo registros aeronáuticos no exterior, a Azul deverá receber os A350 com número de série 124, 153, 168 e 187. Dois deles, o 124 e o 168 deixaram o Aeroporto de Tarbes, na França, para Abu Dhabi, já como parte do processo de preparação para envio ao Brasil.

A Airbus chegou a pintar partes de um A350 com as cores da Azul (Clément Alloing)
AO A350 número de série 112 chegou a receber parte da pintura da Azul, assim como o jato 98. Aviões acabaram voando pela Hainan Airlines (Clément Alloing)

A Azul também tem outros dois A350 relacionados, de números de série 98 e 112, que chegaram a receber parcialmente a pintura da companhia, mas que hoje estão armazenados em Pequim, na China, após voarem pela Hainan Airlines.

Uma das hipóteses é que os novos widebodies, com maior capacidade e alcance, sejam usados em rotas de grande demanda para a Flórida e Portugal, liberando a devolução de alguns A330-200 mais antigos.

Caso a chegada seja confirmada para agosto, será o retorno do Airbus A350 à frota brasileira após a LATAM se desfazer da aeronave no ano passado.

Total
20
Shares
5 1 vote
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
André
André
1 mês atrás

Existe também a questão dos A330 que serão fornecidos à FAB, um deles opera (ou operava) rotas regulares e precisaria ser reposto para o período de alta demanda no fim de ano… a ver.

Previous Post

Jatos da Embraer têm sido requisitados em meio ao caos nas viagens aéreas

Next Post
Mitsubishi SpaceJet M90

Mitsubishi continua com prejuízos mesmo com programa SpaceJet suspenso

Related Posts
Total
20
Share