Tradicional cliente da Embraer, Flexjet recebe primeiro Praetor 600

Empresa de voos charter dos EUA é o primeiro cliente frotista do novo jato executivo da Embraer
Embraer Praetor 600 - Flexjet
(Embraer)
Embraer Praetor 600 - Flexjet
A Flexjet já opera mais de 20 jatos executivos da Embraer (Embraer)

A Embraer anunciou nesta segunda-feira (30) a entrega do primeiro jato executivo Praetor 600 à Flexjet, empresa norte-americana de voos charter e propriedade compartilhada.

A Flexjet é o primeiro cliente frotista dos novos jato Praetor, tendo recebido o primeiro Praetor 500 em dezembro de 2019. O negócio é avaliado em cerca de US$ 1,4 bilhão e compreende uma frota de aeronaves Praetor 500, Praetor 500 e Phenom 300 – a Embraer não divulga a lista de encomendas de jatos executivos.

“Estamos honrados em continuar a executar nosso compromisso com a Flexjet, nosso estimado parceiro de mais de 17 anos, com a entrega deste primeiro Praetor 600”, disse Michael Amalfitano, Presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva. “É um privilégio colaborar na introdução não só do jato supermédio mais disruptivo e tecnologicamente avançado do mundo, mas também na entrega do que há de última geração em aviação executiva aos proprietários de jatos Flexjet na Europa.”

Além dos novos modelos da série Praetor, a Flexjet possui outros 17 jatos Legacy 450, cinco Legacy 500 e um Phenom 300. De acordo com a empresa, a aeronave recém-adquirida será utilizada na expansão de suas operações na Europa.

“Passamos os últimos três anos fortalecendo os alicerces para nos tornarmos uma potência na aviação privada européia e estamos orgulhosos em superar as expectativas deste valioso mercado”, disse Michael Silvestro, CEO da Flexjet. “O Praetor 600, com sua tecnologia inigualável, conforto e líder da categoria em desempenho com alcance intercontinental, completa a frota que nos ajudará a atender todas as necessidades e desejos dos proprietários da Flexjet na Europa.”

A Embraer e a Flexjet formam uma longa parceria de longa data. Em 2003, a Flight Options – que se fundiu com a Flexjet em 2015 – tornou-se o primeiro programa de propriedade compartilhada a introduzir o jato executivo Legacy em sua frota. Em 2010, eles introduziram o Phenom 300 e, em 2012, a empresa recebeu a 100ª unidade da série produzida pela fabricante brasileira. Em 2015, a Flexjet tornou-se a primeira empresa de propriedade compartilhada a oferecer o Legacy 500, recebendo mais tarde o milésimo jato executivo entregue pela Embraer, um Legacy 500, em 2016. O Legacy 450 então se juntou à frota de jatos Flexjet em 2016.

Veja mais: Gulfstream pode lançar jato executivo supersônico em 10 anos

Total
41
Shares
Previous Post
Xian H-20

Bombardeiro stealth chinês terá capacidade de ataque intercontinental

Next Post

Qual será o futuro do Boeing 777X?

Related Posts