Ucrânia alega ter derrubado cinco helicópteros Ka-52 russos em 24 horas

Quatro das aeronaves teriam sido atingidas num intervalo de 18 minutos no sul do país durante a manhã da quarta-feira, 12 de outubro
Helicópteros Ka-52 da Rússia (Fedor Leukhin)

O governo da Ucrânia alegou ter derrubado cinco helicópteros Kamov Ka-52 russos na quarta-feira, 12, além de 19 drones num período de 24 horas – as informações não puderam ser confirmadas.

Segundo relatos das forças armadas ucranianas, quatro dos helicópteros de ataque foram atingidos num intervalo de apenas 18 minutos.

As aeronaves sobrevoavam o sul da Ucrânia, mas os locais exatos não foram revelados. Segundo oficiais do país, os helicópteros foram atacados por unidades de mísseis terra-ar entre 8h40 e 8h58 (horário local).

Segundo o levantamento do governo da Ucrânia, foram destruídos 238 helicópteros e 268 aviões russos desde o início da invasão em fevereiro.

O Ka-52 é derivado do Kamov Ka-50, desenvolvido nos anos 80 (Toshi Aoki)

“Jacaré”

O Ka-52, conhecido como “Alligator” (Jacaré) é uma versão de dois assentos do Ka-50, helicóptero de ataque e reconhecimento desenvolvido nos anos 80 ainda durante a União Soviética.

A Kamov decidiu desenhar uma cabine de comando com assentos lado a lado em vez da configuração em tandem, comum em helicópteros de ataque e reconhecimento.

Assim como a maior parte dos projetos do antigo bureau, hoje parte da Russian Helicopters, o Ka-52 possui rotores co-axiais que dispensam um sistema anti-torque na cauda.

Por razões não esclarecidas, esses helicópteros parecem sofrer com altos níveis de vibração, como mostram vídeos em redes sociais onde as “asas” que transportam armamentos aparecem chacoalhando fortemente.

Segundo o World Air Forces 2020, a Rússia possuía ao menos 116 desses helicópteros em sua frota.

Total
0
Shares
Previous Post

LATAM fecha leasing de cinco Airbus A321XLR

Next Post

Darkstar: por que um avião de mentira chama tanto a atenção?

Related Posts
Total
0
Share