Primeiro Airbus A220 produzido nos EUA

Primeiro A220 “Made in USA”: avião projetado pela Bombardier também é produzido no Canadá (Airbus)

A Airbus anunciou nesta quinta-feira (22) a entrega do primeiro jato A220 montado em Mobile, no estado do Alabama, nos EUA. A aeronave, na versão A220-300, foi entregue à companhia aérea norte-americana Delta Air Lines, o maior cliente do jato projetado originalmente pela Bombardier (ex-CSeries) com um total de 95 pedidos (incluindo o modelo menor A220-100).

“A entrega do primeiro A220-300 fabricado nos EUA é um momento histórico que destaca a crescente presença industrial da Airbus na América do Norte e nos deixa extremamente orgulhosos”, disse C. Jeffrey Knittel, presidente e CEO da Airbus Americas.

A linha de montagem do A220 em Mobile foi ativada em janeiro de 2019. O primeiro avião da série foi finalizado nos EUA em agosto do ano passado e fez seu primeiro voo em junho. A fábrica da Airbus no Alabama, inaugurada em 2015, também produz os modelos da família A320neo.

De acordo com a Airbus, cerca de 400 funcionários norte-americanos foram treinados para trabalhar na produção do A220, que também é produzido em Mirabel, no Canadá, na instalação que antes era controlada pela Bombardier. Em fevereiro deste ano, a empresa canadense vendeu sua parcela remanescente no programa ao grupo aeroespacial europeu.

A fábrica do A220 nos EUA é preparada para entregar em torno de quatro aeronaves por mês, enquanto a unidade em Mirabel tem capacidade mensal para finalizar até 10 jatos.

Airbus “Made in USA”

Toda vez que uma companhia aérea dos EUA encomenda aviões da Airbus, a Boeing sente o golpe. É um pedido que ela deixa de receber e justamente de uma companhia compatriota, o que mexe com os sentimentos dos americanos e a economia do país, reduzindo as atividades de uma enorme cadeia de produção com milhares de trabalhadores.

Para evitar esse efeito e proteger a Boeing, Washington elevou os impostos para a compra de aeronaves importadas da Europa e fabricantes europeus passaram a pagar taxas mais altas na aquisição de componentes importados dos EUA.

O primeiro A320 americano será entregue a companhia Spirit Airlines (Airbus)

O primeiro A320 fabricado em Mobile foi entregue a Spirit Airlines, uma das maiores low cost dos EUA (Airbus)

Para evitar a sobretaxa na venda de seus aviões para clientes norte-americanos, a Airbus ergueu a fábrica no Alabama. O movimento do grupo europeu para evitar os impostos tem como contrapartida a geração de empregos nos EUA e movimenta a cadeia produtiva no país.

De acordo com a Airbus, a fábrica em Mobile causou um impacto econômico total de US$ 1,2 bilhão no estado do Alabama e criou mais de 15.000 empregos na região desde 2015. Em setembro, o grupo europeu anunciou a entrega do 180º jato A320 fabricado nos EUA – todos os jatos da Airbus fabricados nos EUA foram entregues até o momento para nove companhias aéreas dos EUA.

Além da fábrica de aviões comerciais no Alabama, a Airbus também mantém nos EUA linhas de montagem de satélites e de helicópteros e centros de engenharia e treinamento.

Veja mais: Boeing sonda o mercado a respeito de um 757 “2.0”