Airbus teria encerrado produção da família A320ceo em dezembro

Última aeronave, um A321-200, foi entregue para a Delta Air Lines a partir da unidade de Mobile, nos EUA
A Delta recebeu seus últimos A321ceo produzidos nos EUA (Delta)

A Airbus não teria apenas encerrado o programa A380 em dezembro, mas também concluído a produção da família A320ceo. Segundo relatos de sites no exterior, o A321-200 número de série 10315 foi entregue à Delta Air Lines em 16 de dezembro, marcando o fim da série clássica do jato comercial.

O encerramento da produção do A320ceo, que estava em linha desde 1988, ocorre mesmo com 27 aeronaves pendentes de entrega. A explicação é esses pedidos são considerados improváveis de serem atendidos por diferentes razões.

A maior parte deles (13 aviões) se referem a uma encomenda da Iran Air, companhia aérea que que está proibida de recebê-los por conta de sanções ao Irã estabelecidas em 2016.

A Ural Airlines, por sua vez, possui sete A320-200 encomendados, porém decidiu receber apenas o A320neo. Dois A319 (Hamburg International Airlines), quatro A320 (Mexicana de Aviácion) e outro A320 (China Aviation Supplies Company) fazem parte de acordos com empresas que não existem mais.

O primeiro A320ceo foi entregue em 1988 (Aero Icarus)

A Delta, portanto, tornou-se a única cliente remanescente do A320ceo, tendo recebido seus últimos aviões produzidos em Mobile, no Alabama. Desde o final de 2020, a Airbus não produz mais a série clássica na Europa, restando apenas sua fábrica nos EUA como linha de montagem do jato.

Caso a fabricante venha a confirmar em algum momento o encerramento oficial da produção da família A320ceo, terão sido produzidos exatas 8.100 aeronaves em 33 anos.

A família A320, no entanto, segue em produção com a série NEO, que já se aproxima do número de pedidos de sua antecessora.

Total
18
Shares
Previous Post
(MAP)

Aquisição da MAP pela Gol é aprovada pelo CADE

Next Post

Airbus teria entregue ao menos 600 jatos em 2021

Related Posts
Total
18
Share