Airbus testa nova versão do A330neo com peso máximo de 251 toneladas

Versão com MTOW ampliado pode transportar mais combustível, aumentando o alcance do jato em 1.200 km
O peso máximo de decolagem de 251 toneladas coloca o A330neo em melhores condições para competir com o Boeing 787-9, que tem alcance máximo de 14.140 km (Airbus)

A Airbus realizou na última sexta-feira, 28 de fevereiro, o primeiro teste de voo do A330-900neo com peso máximo de decolagem ampliado para 251 toneladas, o que representa um aumento de 9 ton em relação a versão convencional da aeronave que estreou no mercado em novembro de 2018.

Com a ampliação do MTOW (Maximum Takeoff Weight/Peso Máximo de Decolagem), o A330neo pode transportar mais combustível. Como resultado, a aeronave oferece um aumento de 650 milhas náuticas (1.203 km) no alcance ou seis toneladas a mais de carga útil, quando comparado à versão atual de 242 toneladas do novo bimotor europeu.

Em comunicado, a Airbus afirma que o aumento na autonomia do A330neo é uma resposta “às crescentes necessidades do mercado”, permitindo que as companhias aéreas planejem rotas mais longas com a aeronave. A nova configuração amplia o alcance do A330-900 para até 13.334 km.

A versão mais pesada do A330-900 vai passar pelos processos de certificação de autoridades de aviação neste ano. A Airbus também está desenvolvendo uma variante do A330-800neo capaz de decolar com peso máximo de 251 toneladas e que poderá realizar viagens de até 15.090 km. O certificado para o menor modelo da série A330neo com MTOW ampliado é esperada para 2021.

Ao aumentar o peso do A330neo, a Airbus reforçou o conjunto de trem de pouso da aeronave. Essa modificação também permitiu estender o tempo de revisão do componente, prolongando o intervalo de manutenção anterior de 10 para 12 anos, mantendo o avião em serviço por mais tempo.

Veja mais: Caça F-5 completa 45 anos de operações com a Força Aérea Brasileira

Total
46
Shares
Previous Post

Com primeiro A350, Aeroflot amplia sua frota de aviões ocidentais

Next Post

Para conter avanço do coronavírus, LATAM suspende voos entre São Paulo e Milão

Related Posts