Avião que “desmonta” pode ser solução para salvar vidas

Novo projeto ucrâniano propõe liberar a cabine de passageiros do avião em caso de acidentes
Cabine que se solta do avião promete salvar todos os passageiros. Mas e os pilotos? (Reprodução/Youtube)
Cabine que se solta do avião promete salvar todos os passageiros. Mas e os pilotos? (Reprodução/Youtube)
Cabine que se solta do avião promete salvar todos os passageiros. Mas e os pilotos? (Reprodução/Youtube)
Cabine que se solta do avião promete salvar todos os passageiros. Mas e os pilotos? (Reprodução/Youtube)

O engenheiro ucraniano Tatarenko Vladimir Kovalaevich está empenhado em salvar vidas na aviação. O projetista, que fez carreira na Antonov, desenhou uma cabine especial para aviões comerciais que pode salvar os passageiros no caso de acidentes – esse já o segundo projeto desse tipo criado por Vladimir.

A nova ideia do engenheiro é “desmontar” a cabine de passageiros do restante do avião no caso de uma eventualidade. Como diz a propaganda sobre o projeto, essa pode ser sua chance de voar “sem medo ou temer por sua família”.

Logo após ser liberado do avião, “contêiner” de passageiros ativa seus paraquedas e, na fase final da aterrissagem, desacelera a queda com a ajuda de foguetes. Se o pouso acontecer na água, flutuadores infláveis mantém a cabine em segurança até o resgate chegar. Até as bagagens, que vão a bordo da “cápsula de fuga”, podem ser recuperadas.

O mesmo já não pode ser dito dos pilotos… A cabine de controle do avião não é ligada à cabine de passageiros “ejetável”. Aparentemente, não há modos de salvação para a tripulação – o primeiro projeto do ucraniano também não previa esse “detalhe”.

A cabine de salvação promete ser eficiente em emergências durante todas as fases de voo da aeronave. Sua aplicação, porém, pode aumentar o preço das passagens aéreas em cerca de 15% e o peso da aeronave, como antecipa o projetista.

Para idealizar o projeto, o engenheiro ucraniano sugere construir tal aeronave utilizando fibra de carbono e kevlar, que são alguns dos materiais mais caros aplicados na aviação atualmente e que poderiam inviabilizar a ideia por questões de custos. Mas os passageiros aprovam.

A cabine/contêiner pode ser trocada durante os voos (Reprodução/Youtube)
A cabine/contêiner pode ser trocada entre embarques e desembarques da aeronave (Reprodução/Youtube)

O comunicado sobre o projeto diz que 95% dos participantes de um questionário responderam que pagariam mais caro para voar em aviões com essa garantia – maiores detalhes sobre a pesquisa não foram divulgados.

O engenheiro ucraniano está aberto a proposta de investidores e interessados no projeto. Será essa a solução para salvar os passageiros de desastres aéreos?

Veja mais: Milagres nos céus

Total
0
Shares
8 comments
  1. Sempre tive está idéia, ,e me perguntava,;será que ninguém vai inventar algo assim?
    Pensava numa cápsula que em caso de pane, ela se soltaria e com ajuda de para quedas o tombo seria amortecido.
    Fico feliz por alguém realizar o que sempre sonhei fazer

  2. Isso é para quem pensa que um avião apenas cai… inteirinho… inexiste força aerodinâmica (aquela que “move” a sua mão quando você brinca com o vento na janela do carro), nem gravidade e fragilidades na aeronave. Fio, viajando a 800km/h, qualquer descontrole pulveriza a aeronave igual lego, a desaceleração e o frio nocauteiam os passageiros e todos caem, em meio a destroços e materiais combustíveis (as vezes em chama pela força eletrostática) dormindo felizes. A ideia desse carinha não é ruim, mais parei de ler quando ele acionou “foguetes” para o pouso do módulo… eu ficaria feliz e na torcida para que o módulo apenas não se enrolasse nos cabos do paraquedas… e minha ideia seria envolver o módulo em espuma aglutinante não inflamável de baixa densidade… e todos cairiam como plumas! Maior volume, maior superfície e, consequentemente, menor velocidade ao bater no solo.

  3. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Qualquer engenheiro aeronáutico vê que esse projeto (?) é fake!
    Aliás, tem um post do Aviões e Músicas, um canal do Youtube comandado pelo Lito, chefe de manutenção da United, que prova que é uma idéia sem o menor respeito às leis da física e esse cara nunca foi engenheiro aeronáutico. Tudo FAKE. Me admira ver essa matéria logo aqui onde se pressupõe haver jornalistas especializados em aviação…

  4. Gente é uma idéia fascinante. É pesquisar e aprimorar. Santos Dumont também acharam ele louco na época, no entanto o sonho foi realizado e aprimorado ao longo dos anos. Acho possível sim que esta tecnologia um dia seja apresentada e salvará milhares de vida. Vejam o 5rem flutuante que está em desenvolvimento a décadas e agora ja é possível ver um protótipo brasileiro e uma realidade japonesa através do uso do super condutor.

  5. Acho RIDICULO EM PLENO SECULO COM TODA A TECNOLOGIA POSSIVEL e ainda não implementaram PORRA nenhuma para acabar de vez com os acidentes(seja ele qual for) de avião, NÃO É ADMISSIVEL.

  6. É um projeto audacioso. Talvez não de certo de primeira, mas a inteligencia humana não tem limites e quem sabe no futuro, com tecnologias e materiais mais avançados seja sim possível criar um dispositivo de segurança de voo desse porte. O problema maior sempre serão “os custos”…
    E os engenheiros terão muito que esquentar a cabeça mas em se tratando de salvar vidas TUDO VALE A PENA.

  7. É só fazer uma porta da cabina dos pilotos para a de passageiros e todos se salvariam….
    Afinal… esse projetista não pensou nisso??

Comments are closed.

Previous Post
Airbus A310, Boeing 757, BAe 146, MD-80... Já viu esses aviões pelo Brasil?

Aviões comerciais raros no Brasil

Next Post
Super Tucanos montados nos EUA já estão em operação no Afeganistão (USAF)

Afeganistão recebe primeiros Super Tucanos

Related Posts