Boeing deve lançar 777X cargueiro nas próximas semanas

Aeronave dedicada ao transporte de carga será anunciada durante o próximo Dubai Airshow, em novembro, diz Bloomberg
Boeing 777-9 (LunchWithaLens)

A Boeing está prestes a lançar o 777X cargueiro, o que deverá ocorrer durante o Dubai Airshow, marcado para começar no dia 14 de novembro, afirmaram fontes da Bloomberg.

A variante de carga do maior jato bimotor do mundo é uma resposta à investida da Airbus num futuro A350 cargueiro. A fabricante norte-americana pode inclusive anunciar o ‘777XF’ com uma grande encomenda da Qatar Airways, companhia aérea que já expressou interesse na aeronave em diversas ocasiões.

Segundo a Bloomberg, a Boeing também estaria discutindo potenciais pedidos com a FedEx, DHL, Lufthansa, Singapore, as duas últimas clientes da versão de passageiros.

O 777X de carga deverá ser uma versão intermediária entre o 777-8 e o 777-9, segundo pessoas envolvidas no assunto e ouvidas pelo site. Isso significa uma aeronave extremamente grande e que certamente superará os números do 777F atual, que é baseado no 777-200.

O lançamento de uma variante cargueira também é uma estratégia para atrair mais pedidos em um segmento que está bastante afetado pela pandemia. Os widebodies têm conseguido poucos acordos nos últimos tempos por conta da queda na demanda de voos de longo alcance.

Boeing 777F da Qatar Airways Cargo: possível cliente do 777X cargueiro

Conversão de widebodies de passageiros

Com até 426 assentos, o 777X é uma aeronave sem similar no mercado atualmente, após o anunciado fim da produção do Boeing 747-8 e do Airbus A380.

O interesse pelo mercado de carga mostrado por Boeing e Airbus tem a ver com o crescimento da demanda por entregas e também pelo fato que a partir de 2028 muitas aeronaves utilizadas para carga deixarão de atender às normas de emissão de poluentes.

A vantagem de aviões como o 777X e o A350 está no menor consumo de combustível e na autonomia superior. São bons argumentos, mas que precisam também se mostrar válidos na questão do preço.

Enquanto as duas empresas ensaiam lançar as novas aeronaves, vários programas de conversão de aeronaves para carga estão em curso atualmente, incluindo de jatos 777-300ER.

Total
19
Shares
Previous Post

Lufthansa retomará voos para o Rio de Janeiro em dezembro

Next Post

FAB realiza treinamento de pouso curto com o KC-390

Related Posts