Embraer anuncia encomendas de US$ 2,68 bilhões em Farnborough

Porter Airlines fez pedido firme de 20 jatos E195-E2 e Alaska Air acrescentou 8 unidades do E175 com mais 13 opções de compra
Porter Airlines será primeira empresa norte-americana a voar com os novos E195-E2

A Embraer fechou novos negócios no volume de US$ 2,68 bilhões, incluindo opções de compra, com duas empresas aéreas da América do Norte. Segundo o anúncio feito nesta terça-feira (19) em Farnborough, a Porter Airlines fez um pedido firme de mais 20 jatos E195-E2, com valor de US$ 1,56 bilhão, enquanto a Alaska Air Group adicionou 8 jatos E175 e mais 13 opções, somando US$ 1,12 bilhão com base no preço de tabela.

EMBRAER: Novo turboélice já tem 250 unidades reservadas
C-390 E eVTOL: Embraer e BAE Systems unem forças

A canadense Porter será o cliente de lançamento da segunda geração da família de jatos da Embraer na América do Norte, com estreia programada para o segundo semestre de 2022. As aeronaves E195-E2, que acomodam entre 120 e 146 passageiros, devem voar para destinos populares no Canadá, Estados Unidos, México e Caribe.

Em 2021, a Porter já havia encomendado 30 jatos E195-E2, com direito de compra de mais 50 aeronaves, no valor de US$ 5,82 bilhões, se todas as opções forem exercidas. O acordo anunciado em Farnborough eleva os pedidos da Porter à fabricante brasileira para um total de até 100 aeronaves E195-E2, sendo 50 pedidos firmes e 50 opções.

Transição para frota 100% Embraer

A Horizon Air, que opera uma frota regional da Alaska Air Group, tem planos de voar apenas com aeronaves E175. Atualmente, a empresa já possui 30 modelos E175s operando ao lado de 31 turboélices Q400.

A Embraer deve entregar mais 9 unidades do E175 no próximo ano como parte de um pedido anterior, que também inclui mais 3 entregas em 2025. Com o acordo anunciado hoje, a Horizon terá uma frota de 50 E175s.

As novas aeronaves da Alaska Horizon terão 76 assentos, sendo 12 na primeira classe, 12 na classe premium e 52 na cabine principal. As unidades serão entregues ao longo dos próximos quatro anos, a partir do segundo trimestre de 2023.

Embraer E175 operado pela Alaska Horizon
Embraer E175 operado pela Alaska Horizon

Total
13
Shares
5 1 vote
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Lopes
Marcelo Lopes
25 dias atrás

Graças a Deus!! Tenho orado para que a Embraer cresça ainda mais, consolidando nossa posição na industria aeronáutica, liderando nosso desenvolvimento tecnológico com outras empresas brasileiras fazendo parte desse processo.

Previous Post

Embraer e BAE Systems unem forças para promover o C-390 e o eVTOL da Eve

Next Post

Caça sul-coreano KF-21 Boramae completa primeiro voo

Related Posts
Total
13
Share