Embraer atualiza configuração do eVTOL da Eve

Aeronave elétrica passou a ter uma concepção mais convencional em lugar do projeto anterior, com canards. Modelo ganhou maquete em tamanho real da cabine
O layou do eVTOL da Eve foi atualizado para um padrão mais convencional (Embraer)

A Eve, subsidiária de Mobilidade Aérea Urbana (sigla UAM em inglês) da Embraer, revelou no Farnborough Airshow a configuração atualizada do seu eVTOL. O modelo, que antes contava com canards, agora apresenta um layout mais tradicional, com estabilizador horizontal traseiro.

O avião elétrico, que pode se chamar Eve-100, tem os quatro conjunto duplos de rotores instalados lado-a-lado em vez de dois frontais e dois traseiros.

A Embraer também conectou as lanças internas aos estabilizadores e motores pusher, formando um conjunto mais harmonioso e eficiente, segundo ela.

Além disso, o eVTOL ganhou um estabilizador vertical que, juntamente com as demais mudanças, proporicionam “segurança e confiabilidade em um design simples e intuitivo de elevação e cruzeiro”, disse a fabricante.

A configuração anterior e a atual (Ricardo Meier)

A empresa brasileira aproveitou o evento britânico para revelar pela primeira vez uma maquete em tamanho real da cabine do eVTOL. Ela fará parte da exposição ‘Fly the Future’, juntamente com a família Energia, de conceitos sustentáveis de aeronaves.

Entrada em serviço em 2026

O interior do eVTOL comporta quatro passageiros sentados de frente uns para os outros, além de um assento para o piloto, que comanda a aeronave por meio de um painel totalmente digital.

“Nossas equipes têm trabalhado arduamente para criar as melhores soluções para o ambiente global de mobilidade aérea urbana. Nossa experiência em aviação através da Embraer não apenas nos dá confiança de que estamos no caminho certo, mas também nos coloca na vanguarda do mercado. Estamos acelerando nosso engajamento com investidores e evoluindo na maturidade do projeto,” disse André Stein, co-CEO da Eve.

O executivo voltou a relevar a necessidade de fazer voar um protótipo o quanto antes, como ocorre com outros concorrentes. Para a Eve, é mais importante preparar o caminho da nova mobilidade aérea a acelerar etapas como a do primeiro voo.

Com quase 2.000 cartas de inteção já assinadas por diversos clientes, a Eve espera ver seu primeiro eVTOL entrar em serviço a partir de 2026.

Airway cobre o Farnborough Airshow 2022 in loco – acompanhe nossas atualizações no site e nas redes sociais.

O eVTOL brasileiro deve entrar em serviço em 2026 (Embraer)

Total
3
Shares
Previous Post

Embraer pode perder um dos seus maiores clientes para a Airbus

Next Post

Por dentro dos gigantes 777-9 e 737 MAX 10

Related Posts
Total
3
Share