Irkut MC-21

O MC-21 com motores russos PD-15 é o quinto protótipo construído para a campanha de testes (UAC)

A fabricante russa Irkut Corporation anunciou nesta terça-feira (10) a conclusão do primeiro protótipo do MC-21 equipado com motores PD-14 produzidos pela Aviadvigatel, a maior fabricante de motores a jato da Rússia.

“Apenas alguns países no mundo são capazes de criar equipamentos de aviação desse nível. Os próximos testes do MC-21 com motores domésticos são um marco para a indústria, uma confirmação clara de que a indústria doméstica de aeronaves civis tem futuro ”, disse Anatoly Serdyukov, diretor industrial do cluster de aviação Rostec, controlador do grupo United Aircraft Corporation (do qual a Irkut faz parte).

Até então, protótipos do MC-21 vinham sendo testados somente com motores fabricados no Ocidente, o Pratt & Whitney PW1400G. Variações desse turbofan são usadas, por exemplo, no Airbus A320neo e nos E-Jets 2 da Embraer, entre outros jatos comerciais recentes. Espera-se que a aeronave com motores russos decole ainda neste ano.

O modelo com os motores PD-14 é o quinto protótipo construído para a campanha de testes e certificação do novo jato comercial fabricado na Rússia. O primeiro voo do MC-21 (com motores Pratt & Whitney) foi realizado em 28 de maio de 2017.

O uso de componentes fabricados nos EUA e Europa, em especial os motores, é uma estratégia dos russos para emplacar o MC-21 em mercados tradicionais do Ocidente. Esse mesmo plano foi utilizado no jato regional Sukhoi SSJ100, embora ele seja um retumbante fracasso de exportação.

Ilyushin Il-76

Motor PD-14 instalado na asa de um Ilyushin Il-76 usado como plataforma aérea de testes (Alex Snow)

O avião fabricado na Rússia vai competir no segmento dos narrowbody (fuselagem estreita), onde reinam os tradicionais Airbus A320 e o Boeing 737  – outro jato na disputa desse nicho é o chinês COMAC C919.

O MC-21 tem capacidade para transportar de 163 a 211 passageiros em voos de até 6.000 km. A estreia comercial da aeronave, de acordo com os planos da Irkut, deve acontecer até o final de 2021. O primeiro operador será a Aeroflot, a maior companhia aérea da Rússia.

De acordo com a Irkut, a aeronave apresenta custos operacionais até 15% inferiores comparados aos de modelos tradicionais do segmento (leia-se A320 e 737), fator que pode atrair companhias aéreas. Até o momento, o jato recebeu 175 pedidos, sendo a maioria esmagadora de companhias russas.

Veja mais: Conheça os concorrentes do Embraer C-390 Millennium