ITA incorpora o terceiro Airbus A320 à sua malha de voos

Aeronave prefixo PS-SFC iniciou serviço nesta quarta-feira, 21, em voo entre os aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP). Companhia aérea deve adicionar mais dois jatos nos próximos dias
O terceiro A320 da ITA (Divulgação)

A Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) iniciou operação com o terceiro Airbus A320 de sua frota nesta quarta-feira, 21. A aeronave, prefixo PS-SFC, realizou o primeiro voo entre os aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP) às 9h.

O PS-SFC foi entregue originalmente à companhia Valuair, de Cingapura, em 2004. A aeronave também operou na Turquia até 2019 pela Turkish Airlines. Ele está equipado com turbofans IAE V2500.

Segundo a empresa, a incorporação da terceira aeronave permitirá a expansão das frequências e destinos atendidos. Atualmente, a ITA opera nos aeroportos de Guarulhos (SP), Brasília (DF), Confins (MG), Galeão (RJ), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Salvador (BA) e Curitiba (PR).

A partir do dia 1º de agosto, as cidades de Florianópolis, Fortaleza, Maceio, Recife e Natal passarão a integrar a malha de voos. Para isso, outros dois A320 estão em fase final de adaptação aos padrões da empresa para serem integrados à frota nos próximos dias.

“O crescimento da frota é um marco importante para consolidar as operações comerciais da ITA, permitindo o aumento de frequência dos voos diários. Nos primeiros 20 dias de operações, temos apresentado um crescimento constante das taxas de ocupação dos voos. Com a entrada em operação de novos aviões, vamos ampliar a quantidade de clientes atendidos e os destinos operados”, afirmou Adalberto Bogsan, diretor-executivo da ITA.

A ITA estreou suas operações no dia 29 de junho com um voo entre São Paulo e Brasília.

Total
180
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Levi Trajano
Levi Trajano
4 meses atrás

Quando vai operar para João pessoa Pb

Previous Post

Embraer entregou 14 aeronaves comerciais no 2º trimestre

Next Post

Denali deixa de ser Cessna para fazer parte da linha Beechcraft

Related Posts