LATAM pede aval da Justiça para vender nove Boeing 767-300

Aeronaves fazem parte da frota da LATAM Brasil e serão negociadas com a empresa Jetran, dos EUA
Boeing 767-300 da LATAM (John Taggart)

A LATAM solicitou à Justiça dos EUA autorização para vender nove jatos Boeing 767-300 para a empresa Jetran. Todas as aeronaves fazem parte da divisão brasileira da companhia aérea, parte delas armazenada por conta da redução da malha de voos.

Documento enviado em junho pelos advogados da LATAM à Corte de Justiça de Nova York que cuida do processo de recuperação judicial detalha que os aviões estão sem qualquer impedimento financeiro ou legal para serem negociados.

As aeronaves em questão têm os números de série 40592, 41746, 41748, 41995, 41996, 41997, 42213, 41993 e 41994 e voaram originalmente pela LAN a partir de 2012.

Dois anos depois, após a fusão com a TAM, os Boeing 767 foram transferidos para o Brasil para substituir os A330-200 então utilizados pela companhia aérea.

A LATAM Brasil possui 13 jatos 767-300 em sua frota (LATAM)

A LATAM Brasil possui 13 unidades do 767-300 que formam a base da sua frota de longo alcance. Quatro desses jatos (prefixos PT-MOA, PT-MOB, PT-MOC e PT-MOE) estão armazenados, segundo o site Planespotters. Outros três aviões (PT-MOD, PT-MSO e PT-MSV) estariam estacionados.

Caso o processo de venda seja bem-sucedido, a LATAM Brasil ficaria com apenas quatro 767-300 ativos – prefixos PT-MOD, PT-MSO, PT-MSV e PT-MSY. A divisão brasileira, no entanto, poderia utilizar aeronaves da LATAM Chile, mas a queda na demanda de voos internacionais no país talvez postergue qualquer decisão nesse sentido.

Além do 767-300, a LATAM brasileira possui 10 Boeing 777-300ER já que decidiu se desfazer de seus A350-900 no começo do ano.

Os aviões envolvidos na venda são os seguintes: PT-MOA, PT-MOB, PT-MOC, PT-MOE, PT-MOF, PT-MSS, PT-MSW, PT-MSX e PT-MSZ.

Total
58
Shares
0 0 votes
Article Rating
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme
Guilherme
5 meses atrás

Na reportagem fala que a latam vai ficar com o MOD e MOF. No final, fala que esses mesmos aviões estão no processo de venda… Mais uma “reportagem” desse nosso “jornalismo” xinfrim….

Mauro
Mauro
5 meses atrás

A Latam devolveu os A350, não está operando todos 777 e agora vai vender os 767 que fazia a maior parte das viagens internacionais. Só vai restar uns poucos 777 e a família A320. O que vai sobrar dessa companhia aérea que era o orgulho do comandante Rolin?? Na verdade depois que a Tam se juntou com a Lan ela está indo ladeira abaixo e a Lan só crescendo com os melhores aviões da companhia. Lamentável.

Eduardo
Eduardo
5 meses atrás

Eu ouvi um comentário de que a Azul está negociando a compra da Latam.
A nossa TAM de outrora já não existe mais faz tempo. Essa LATAM é um lixo.

Previous Post

Lufthansa decide retomar voos com os quadrimotores A340-600

Next Post

Suíça anunciará novo caça da Força Aérea no dia 30 de junho

Related Posts