Airbus A350-900ULR poderá voar por mais de 17,9 mil km sem escala

Versão de ultra longo alcance do jato europeu será capaz de voar entre cidades como São Paulo e Pequim sem necessidade de reabastecimento
Singapore teria causado o mal entendido sobre o A350-900ULR (Airbus)
Singapore teria causado o mal entendido sobre o A350-900ULR (Airbus)
Singapore teria causado o mal-entendido sobre o A350-900ULR (Airbus)

Um mal-entendido teria tornado o alcance do jato A350-900ULR, da Airbus, menor do que se imaginava. Quando lançou a versão de ultra longo alcance em 2015, diante da encomenda da companhia Singapore Airlines, a fabricante europeia revelou apenas que o avião seria capaz de voar por 19 horas sem reabastecimento. Já a empresa asiática divulgou o alcance como 8,7 mil milhas náuticas na época, cerca de 16,1 mil km, distância que separa Cingapura de Nova York – onde ela pretende usar o jato.

Agora, a Airbus corrigiu a informação em seu site e revelou uma autonomia ainda mais impressionante: 9.700 milhas náuticas, ou 17.964 km. Para se ter uma ideia, esse alcance permite que um A350-900ULR decole de Guarulhos e, quase 20 horas depois, pouse em Pequim. Hoje voar para a capital da China é uma tarefa bem mais demorada e cansativa, que exige uma escala no caminho.

A Airbus, no entanto, negou que houve uma mudança no desempenho do jato, que deve entrar em operação em 2019. A informação sempre seria a atual, mas a confusão com o episódio acabou reduzindo involuntariamente o alcance do birreator, que também foi encomendado pela Qatar, além da Singapore.

Para obter essa meta, a Airbus aumentará a capacidade de transporte de combustível em 17% por meio de tanques adicionais. Resta saber como manter os passageiros entretidos e descansados após 19 horas a bordo de um avião.

Em vez de parar pelo caminho, o A350-900ULR poderia economizar tempo em viagens longas

Veja mais: “Airbus chinês”, COMAC C919 realiza primeiro voo

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Ernesto
4 anos atrás

Uau! A Airbus se supera a cada dia, estamos aguardando a resposta da Boeing sobre isso! Bom dia.

Alex
4 anos atrás

Pedro 777x ta chegando rs… e depois o 777x(ER/LR) ai veremos!

Carlos Mouzayek
Carlos Mouzayek
4 anos atrás

Desumano um voo de mais de 16h.Prefiro fazer um conexão pelo caminho com umas 4h pra esticar as pernas,tomar um banho, comer e comprar alguma coisa.Claro que tudo isso depende do aeroporto intermediário.Não indico um LAX pra ninguém.

roberto da silva rocha
4 anos atrás

Veremos! meu Deus, acho que o Trump tem razão. Gozando com o pênis dos outros! Que horror!

roberto da silva rocha
4 anos atrás

+Alex, ainda tem tempo de corrigir.. brazucas lava water closet in USA só nos envergonham com essa descabida ufania emprestada, parece uma compensação para o complexo de inferioridade latino

Previous Post
O dirigível gigante Airlander 10 vem sendo desenvolvido pela HAV desde 2013 (HAV)

Maior aeronave do mundo, Airlander 10 volta a voar

Next Post
O C919 vai concorrer com os tradicionais Airbus A320 e Boeing 737 (Xinhua)

Maior companhia da Europa admite interesse no jato chinês C919

Related Posts