Saab faz entrega de quatro caças F-39E Gripen para a FAB

Cerimônia realizada na Suécia contou também com dois jatos de combate que serão entregues à Força Aérea da Suécia
O Ministro da Aeronáutica, o presidente da Saab e o comandante da Força Aérea Sueca em frente aos caças (Saab)

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, recebeu nesta quarta-feira (24), os primeiros quatro caças F-39E Gripen de produção em série, em evento realizado na sede da Saab na Suécia.

A cerimônia simbólica, já que as aeronaves ainda serão preparadas para serem transportadas para o Brasil, também contou a presença de dois Gripen E encomendados pela Suécia, outro cliente do jato supersônico.

As aeronaves foram dispostas em conjunto, formando belas imagens, há muito aguardadas em nosso país.

Baptista Junior também participou de reuniões com o Major-General Carl-Johan Edström, Comandante da Força Aérea Sueca, e membros executivos da Saab onde foram discutidas possíveis atividades conjuntas envolvendo o Gripen E.

A Saab fez uma formação com seis caças de produção e protótipos do Gripen E (Saab)

“É uma satisfação acompanhar o cumprimento de mais essa etapa no processo de entrega das aeronaves F-39 Gripen, as quais permitirão a evolução da capacidade de combate da FAB. O projeto representa um novo patamar tecnológico para o Brasil e tem fundamental importância no desenvolvimento da nossa Base Industrial de Defesa”, disse o Comandante da Força Aérea Brasileira. 

“O início da fase de entrega de quatro aeronaves de série para a Força Aérea Brasileira e duas para a Força Aérea Sueca é mais um importante marco para o Programa Gripen E. Isso mostra que temos um produto maduro e que estamos cumprindo nossas obrigações contratuais”, disse Micael Johansson, Presidente e CEO da Saab

Os convidados visitaram as instalações da fabricante sueca, onde foram apresentadas várias aeronaves de produção em série e de teste, além de terem oportunidade de testar o novo simulador de treinamento de missão do Gripen.

A cerimônia foi concluída com um voo em formação com aeronaves brasileiras e suecas. Os quatro jatos devem chegar ao Brasil no início de 2022 e serão alocados na Base Aérea de Anápolis (GO).

Total
22
Shares
5 1 vote
Article Rating
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ernani
Ernani
10 dias atrás

OTenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior não é Ministro da Aeronáutica, cargo que foi extinto há muitos anos. É Comandante da Força Aérea Brasileira. Atualmente, o Brasil tem Ministro da Defesa, que reúne os comandantes das três forças: Marinha, Exército e Aeronáutica, nesta ordem.

Previous Post

Marinha do Brasil recebe o primeiro helicóptero H225M

Next Post

Itapemirim cresce em passageiros transportados, mas ainda tem baixa ocupação

Related Posts