Sem alarde, FAB recebe segundo Airbus A330-200 “KC-30”

Aeronave foi incorporada de forma discreta ao Esquadrão Corsário na quinta-feira, 3 de novembro, ao contrário do primeiro avião, que contou com grande cerimônia em julho
O segundo “KC-30” FAB 2902 na Base Aérea do Galeão (FAB)

Ao contrário da grande cerimônia realizada em julho na Base Aérea do Galeão (RJ) para receber o primeiro KC-30, a Força Aérea Brasileira (FAB) apenas publicou uma curta nota em suas redes sociais para registrar a incorporação do segundo Airbus A330-300 (FAB 2902) ao Esquadrão Corsário, na quinta-feira, 3 de novembro.

O jato widebody foi adquirido por intermédio da Azul Linhas Aéreas e estava estacionado na Europa após ter voado pela Avianca tanto na Colômbia quanto no Brasil.

Após passar pela pintura com o padrão da FAB e voar para os Estados Unidos para tratativas burocráticas, o segundo KC-30 pousou em Viracopos em 25 de outubro.

A intenção do atual Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Junior, é transformar os dois A330-200 em aeronaves MRTT (Multi Role Tanker Transport), um padrão oferecido pela Airbus que converte o jato de passageiros para reabastecimento aéreo.

O Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Carlos Baptista Junior, durante o recebimento do primeiro KC-30 em julho (FAB)

No entanto, o contrato para conversão até o momento não foi tornado público. Não se sabe, portanto, se a Força Aérea irá realizar uma concorrência ou simplesmente fechou um acordo com a Airbus para executar o serviço, alegando não existir outra opção no mercado.

Mudança no Comando da Aeronáutica

A aquisição dos A330 foi uma das ações “relâmpago” tomadas por Baptista Júnior, que asumiu o posto em abril de 2021 no lugar do Brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, demitido do Comando da Aeronáutica juntamente com os titulares da Marinha e do Exército e o então Ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva.

Desde então, o atual comandante modificou vários programas de longo prazo da Força Aérea, cancelando projetos e reduzindo a encomenda de 28 KC-390 para apenas 19 aeronaves.

Airbus A330 MRTT
A conversão do A330-200 para o padrão MRTT é realizada pela Airbus na Espanha (Airbus)

Ao mesmo tempo, ele ampliou a compra de caças F-39 Gripen para 40 jatos e negocia um segundo lote com a fabricante Saab, embora cite com frequência que a gestão enfrenta contenção de recursos financeiros.

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), Baptista Junior tem menos de dois meses à frente do Comando da Aeronáutica já que deve deixar o cargo em 1º de janeiro de 2023.

Vencedor das eleições presidenciais em 30 de outubro, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deve indicar oficiais mais antigos para comandar as três forças armadas, segundo jornalistas políticos.

Total
0
Shares
1 comment
  1. Parabéns!!!uma publicação por aí só sabe divulgar press realese da FAB.Se presta a validar qql coisa que digam.

Comments are closed.

Previous Post

ATR 42 da Precision Air cai em lago na Tanzânia

Next Post

Embraer leva o jato E195-E2 para show aéreo na China com missão difícil

Related Posts
Total
0
Share